00:12 24 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    6610
    Nos siga no

    Nesta quarta-feira (8), o ministro para Situações de Emergência da Rússia, Yevgeny Zinichev, morreu tragicamente no cumprimento do dever, salvando uma pessoa, informou o ministério russo.

    "O Ministério para Situações de Emergência da Rússia lamenta comunicar que Yevgeny Zinichev morreu tragicamente no cumprimento do dever durante os exercícios interministeriais para proteção da zona ártica contra emergências, salvando a vida de uma pessoa", comunicou a entidade.

    Zinichev, de 55 anos, morreu tentando salvar o operador e diretor de cinema Aleksandr Melnik. O acidente se passou durante os exercícios interministeriais para proteção da zona ártica contra emergências na cidade de Norilsk, na região de Krasnoyarsk.

    O operador e diretor de cinema Aleksandr Melnik, que Zinichev tentou salvar, também morreu, informou a editora-chefe da emissora de televisão RT e do grupo midiático russo Rossiya Segodnya, Margarita Simonyan.

    "Ele e o operador estavam na beira de uma saliência de rochas. O operador escorregou e caiu nas águas. Havia suficientes testemunhas, mas ninguém percebeu o que se passou, e Zinichev pulou na água para salvar o homem caído e bateu fatalmente em uma rocha", escreveu Simonyan.

    "Morreu como um socorrista. Que descanse em paz", adicionou.

    Yevgeny Zinichev (no centro), ministro para Situações de Emergência da Rússia, acompanha os trabalhos de reconstrução após inundações, 22 de julho de 2020
    © Sputnik / Aleksei Kolchin
    Yevgeny Zinichev (no centro), ministro para Situações de Emergência da Rússia, acompanha os trabalhos de reconstrução após inundações, 22 de julho de 2020

    O presidente russo Vladimir Putin enviou um telegrama expressando suas condolências pela morte do ministro, informou o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov.

    Putin e Zinichev trabalharam juntos durante muitos anos e o presidente russo expressa sua profunda tristeza pelo acontecido.

    O primeiro-ministro russo, Mikhail Mishustin, expressou suas condolências aos familiares e colegas de Zinichev. O premiê chamou o general de verdadeiro oficial russo, que considerava o serviço honesto e dedicado ao seu país e ao seu povo como o trabalho de sua vida. Um profissional de alta classe, um líder competente e com princípios, Evgeny Nikolaevich Zinichev desfrutava de grande autoridade, segundo Mishustin.

    O primeiro-vice-ministro para Situações de Emergência, coronel-general Aleksandr Cupriyan, assumirá interinamente o cargo de ministro, disse uma fonte à Sputnik.

    Biografia

    Yevgeny Zinichev nasceu em 18 de agosto de 1966 em Leningrado (atualmente São Petersburgo). Ele se graduou em Economia e Finanças no Instituto de Gestão e Direito de São Petersburgo. Em 2013 se graduou na Academia Militar do Comando Geral das Forças Armadas da Rússia.

    De 1984 a 1986 fez o serviço militar nas Forças Armadas da União Soviética, na Frota do Norte. De 1987 a 2015 trabalhou nos serviços de segurança do Estado.

    Trabalhou como vice-chefe dos serviços antiterrorismo do Serviço Federal de Segurança (FSB, na sigla em russo) da Rússia. Entre 2015 e 2016 chefiou o FSB na região de Kaliningrado. Em novembro de 2016 assumiu o cargo de vice-diretor do Serviço Federal de Segurança da Rússia.

    Em 18 maio de 2018 foi nomeado ministro para Situações de Emergência da Rússia.

    Em 21 de dezembro de 2020 Zinichev recebeu a patente de general do Exército.

    Mais:

    Lenda do cinema francês, ator Jean-Paul Belmondo morre aos 88 anos
    Ex-agente do FBI: sequestradores do 11/9 tiveram apoio de agentes sauditas dentro dos EUA
    Milhares de vítimas da invasão da Alemanha nazista são desenterradas na Rússia (FOTOS, VÍDEO)
    Vírus transmitido por morcegos mata jovem de 12 anos na Índia, 20 pessoas estão sob observação
    Tags:
    Rússia, morte, emergência, ministro, exercício, condolências
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar