22:30 23 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    5836
    Nos siga no

    O navio russo Amur foi detido no Japão em um processo judicial civil por infração administrativa, anunciou à Sputnik o cônsul-geral da Rússia em Sapporo, Sergei Monin, nesta quarta-feira (2).

    Em 25 de maio, o navio mercante russo Amur, de 662 toneladas, com uma carga de caranguejo, e o barco de pesca japonês Daihachi Hokkoumaru, de 9,7 toneladas, colidiram no mar. Após a colisão, foram confirmadas as mortes de três tripulantes do barco de pesca japonês. Do lado russo, não houve vítimas. O capitão do navio russo respondeu voluntariamente às questões do serviço de segurança no mar do Japão (também conhecido como mar do Leste).

    "O navio russo Amur está detido no Japão em um processo judicial civil por infração administrativa", anunciou o diplomata.

    A pressão sobre o capitão e o terceiro assistente enquadra-se na linha de investigação da morte de três pessoas", ressaltou o cônsul.

    Anteriormente, a agência de notícias Kyodo informou que o navio russo foi detido como garantia de pagamento da indenização após a colisão com a escuna japonesa, de acordo com decisão judicial, devido ao fato de as negociações sobre a indenização enfrentarem dificuldades e o regresso do navio à Rússia poder tornar o processo ainda mais complicado.

    Recentemente, o cônsul russo relatou que não há informação sobre violação dos acordos internacionais de navegação por parte da tripulação do navio russo, mas os japoneses, sim, podem ter ignorado algumas regras.

    Mais:

    Redução de custos: Marinha dos EUA deixa de usar 4 navios devido a problemas de manutenção
    EUA venderam mais de 2 milhões de barris de petróleo bruto do Irã após apreensão de navio, diz mídia
    Maior navio da Marinha do Irã afunda após ficar em chamas no golfo de Omã (VÍDEO, FOTOS)
    Tags:
    detenção, Rússia, Amur, Sapporo, Japão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar