01:07 26 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    1200
    Nos siga no

    Os serviços de segurança da Rússia, incluindo o Serviço Federal de Segurança (FSB, na sigla em russo), conseguiram conter as ameaças vindas da Síria, disse o presidente Vladimir Putin nesta quinta-feira (7).

    "Tudo o que nossos serviços de segurança - incluindo o FSB - conseguem impedir é, digamos, de origem síria. Ou não síria. Mas eu repito que a ameaça vem desse território. Portanto, está claro para nós que fizemos tudo certo, e nossos militares — que demonstraram heroísmo, coragem e alto profissionalismo — estavam protegendo os interesses da Rússia acima de tudo", disse Putin ao canal de televisão Rossiya 1.
    Grande coletiva do presidente da Rússia, Vladimir Putin, 17 de dezembro de 2020
    © Sputnik
    Grande coletiva do presidente da Rússia, Vladimir Putin, 17 de dezembro de 2020

    A Rússia enviou tropas à Síria em 2015 a pedido do presidente sírio Bashar Assad, cujo governo foi confrontado por forças armadas da oposição, incluindo organizações terroristas.

    Em uma entrevista à Sputnik, Assad descreveu a ajuda da Rússia como o ponto de inflexão da guerra que tornou possível a libertação da maioria dos territórios dos terroristas.

    Mais:

    Tropas russas recebem novos sistemas de lança-chamas pesados TOS-2
    Marinha dos EUA iniciará patrulhamento no Ártico perto da fronteira da Rússia
    Míssil Sarmat da Rússia é 'mensagem' para Biden, aponta mídia iraniana
    Tags:
    Rússia, Síria, relações bilaterais, relações exterirores, conflito, guerra, ameaça, forças de segurança
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar