18:24 25 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    2140
    Nos siga no

    Nesta quarta-feira (30), o presidente da Rússia, Vladimir Putin, desejou a líderes governamentais e de organizações internacionais Feliz Natal e Próspero Ano Novo, de acordo com o gabinete de imprensa do Kremlin.

    Nas felicitações de Putin entraram o presidente eleito dos EUA, Joe Biden, e o atual presidente norte-americano, Donald Trump.

    "No comunicado de felicitação pelo Natal e Ano Novo ao presidente eleito dos EUA, Joe Biden, Vladimir Putin notou que a pandemia do coronavírus e outros desafios, enfrentados pelo mundo neste ano que está nos deixando, confirmaram a importância de colaboração internacional estendida", segundo o comunicado de imprensa.

    Putin expressou confiança de que a Rússia e os Estados Unidos, estabelecendo relações igualitárias e baseadas nos interesses das duas nações, poderiam fazer muita coisa para reforçar estabilidade e segurança a níveis tanto regional como global.

    Em mensagem ao atual presidente norte-americano Donald Trump, Vladimir Putin desejou boa saúde, bom humor e prosperidade para ele e sua família. A todos os norte-americanos, o presidente russo desejou felicidade e prosperidade.

    O líder russo felicitou o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, pelo Ano Novo e expressou esperança de continuação da cooperação entre Moscou e Brasília.

    "Na felicitação ao presidente da República Federativa do Brasil, Jair Bolsonaro, o presidente da Federação da Rússia […] expressou a esperança de que os países garantam o desenvolvimento das relações de parceria estratégica em benefício dos povos da Rússia e do Brasil, bem como fortaleçam segurança internacional e estabilidade", segundo o comunicado de imprensa.

    As felicitações do presidente russo foram enviadas à rainha Elizabeth II e ao primeiro-ministro Boris Johnson do Reino Unido, destacando que a colaboração entre a Rússia e o Reino Unido, baseada nos princípios de igualdade e respeito mútuo e nos interesses das duas nações, contribuiria para resolução de problemas-chave da atualidade.

    Felicitando o presidente da França, Emmanuel Macron, pelo Natal e Ano Novo, Vladimir Putin expressou a esperança de parceria em prol da estabilidade e segurança na Europa.

    "O ano que está nos deixando foi difícil e trouxe muitos desafios, de ataques terroristas a pandemia do coronavírus", segundo o comunicado de imprensa.

    Como destacou o presidente russo, nestas condições, o diálogo direito foi decisivo e permitiu a discussão de assuntos importantíssimos.

    Vladimir Putin também felicitou o secretário-geral do Partido Comunista da China, Xi Jinping, pelo Ano Novo, sublinhando que, apesar da pandemia, a Rússia e a China conseguiram preservar as relações comerciais e econômicas a alto nível. O presidente russo tem certeza de que, no ano que vem, a colaboração sino-russa vai seguir firme e forte, ressaltando o Tratado de Amizade entre China e Rússia. Em 2021, o acordo completará 20 anos desde a assinatura.

    Na felicitação para o presidente da Turquia Recep Erdogan, Putin expressou confiança na produtividade conjunta em assuntos regionais e globais. Além disso, Putin garantiu que a colaboração com Turquia continuará produtiva.

    Vladimir Putin felicitou a chanceler Angela Merkel e o presidente Frank-Walter Steinmeier da Alemanha, expressando esperança de colaboração bilateral em 2021.

    Entre outros líderes, Putin felicitou o presidente bielorrusso Aleksandr Lukashenko, o presidente da Índia Ram Nath Kovind, o primeiro-ministro indiano Narendra Modi, o primeiro-ministro do Canadá Justin Trudeau, o presidente da Venezuela Nicolás Maduro, e o presidente da Sérvia Aleksandar Vucic.

    Felicitando o presidente do Azerbaijão Ilham Aliev, o presidente russo destacou que, apesar de um ano tão difícil, Baku e Moscou conseguiram confirmar a solidez das relações de parceria estratégica. Nas felicitações ao presidente da Armênia Armen Sarkissian e ao primeiro-ministro armênio Nikol Pashinyan, Putin expressou esperança de que as dificuldades deste ano fiquem no passado.

    Em felicitação ao líder mundial da Igreja Católica Papa Francisco, Putin destacou que a Rússia e o Vaticano fazem muito para proteção dos valores humanitários na política internacional.

    Além do mais, o presidente russo felicitou os líderes do Comitê Olímpico Internacional, da FIFA, da UEFA e da Federação Internacional de Hóquei no Gelo.

    Mais:

    2020: grande coletiva do presidente da Rússia, Vladimir Putin
    Putin: 'Rússia está sempre pronta para prestar ajuda humanitária a outros países'
    Maduro agradece a Putin por convênio para iniciar vacinação contra coronavírus
    Melhores fotos da semana em que Brasil e mundo celebraram Natal
    'Negócios são a minha forma de arte': como foram os 4 anos da política externa de Trump?
    Tags:
    felicitações, Donald Trump, Joe Biden, Natal, Ano Novo, Jair Bolsonaro, Vladimir Putin
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar