04:03 20 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Tanque de guerra T-72, de fabricação russa, do Exército da Venezuela participa de desfile militar em Caracas, 5 de junho de 2011

    Vice-chanceler revela por que militares russos chegaram à Venezuela

    © AFP 2019 / LEO RAMIREZ
    Rússia
    URL curta
    14574
    Nos siga no

    Nesta terça-feira (25), Sergei Ryabkov, vice-ministro das Relações Exteriores da Rússia, declarou que a Rússia não pretende aumentar sua presença na Venezuela.

    Os militares russos chegaram à Venezuela para realizar manutenção técnica de material bélico que foi fornecido anteriormente, informou Ryabkov.

    "Estamos realizando um trabalho planejado que não visa aumentar nossa presença lá. Para sermos rigorosos, isso nem sequer é uma presença, mas apenas o cumprimento dos contratos de manutenção existentes. O material precisa de manutenção, os carros passam por serviço de manutenção, sem isso o equipamento, especialmente o complexo, não funcionaria. Tudo isso é trabalho de rotina”, disse ele no Conselho da Federação (câmara alta do parlamento russo).

    O vice-chanceler russo referiu que o avião russo chegou à Venezuela para continuar os trabalhos de manutenção do equipamento que foi fornecido antes no âmbito dos contratos de cooperação técnica militar.

    Ele acrescentou que os contratos entre a Rússia e Venezuela na esfera da cooperação técnica militar são transparentes de todos os pontos da vista e não contêm quaisquer elementos que possam desestabilizar a situação regional.

    "As tentativas de especular em torno desse tema são desonestas. É a continuação do trabalho ordinário de manutenção do equipamento e material bélico de fabricação russa que anteriormente foram fornecidos para a Venezuela no âmbito dos contratos vigentes", sublinhou ele.

    Além disso, ele declarou que não está ocorrendo nada de adicional em termos de aumento da presença militar da Rússia na Venezuela.

     

    Mais:

    Venezuela cria mecanismo de pagamentos com Rússia em rublos
    Militares venezuelanos dizem esperar americanos com armas nas mãos
    Inteligência russa: Washington está testando novo tipo de guerra híbrida na Venezuela
    Tags:
    chancelaria russa, material bélico, Rússia, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar