13:08 16 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Militares das Forças Armadas da Venezuela. Participantes do Biatlo de Tanque.

    Chefe da Rostec revela tentativas dos EUA de perturbar construção de fábrica de armas na Venezuela

    © Sputnik / Ilia Pitalev
    Américas
    URL curta
    4310

    Os EUA tentaram dificultar a entrega pela Rússia de seus equipamentos para a fábrica de fuzis de assalto Kalashnikov na Venezuela, mas ainda assim a Rússia encontrou uma maneira de o fazer, afirmou o chefe da corporação estatal russa Rostec, Sergei Chemezov.

    Falando no Fórum Econômico Internacional de São Petersburgo na sexta-feira (7), Chemezov indicou que a Rússia não tem necessidade de reforçar sua presença na Venezuela, porque os especialistas russos já estão presentes lá há muito tempo. O chefe da Rostec destacou que Rússia está construindo na Venezuela uma fábrica de produção de fuzis de assalto Kalashnikov e munições.

    "Por causa das sanções, [a construção] está constantemente sendo perturbada – ora a eletricidade é cortada, ora não nos permitem transportar os componentes e equipamentos", disse Chemezov, expressando a esperança de que, apesar de tudo, a construção seja concluída.

    "Houve um período – a construção esteve parada por um mês, era impossível trabalhar. Eles cortaram a energia elétrica lá... E depois os americanos não nos deixavam transportar as máquinas para lá. Pouco a pouco conseguíamos levar tudo para lá. Portanto, é difícil prever quando vamos terminar", explicou o chefe de Rostec.

    Anteriormente foi reportado que a construção está prevista para ser concluída até ao final deste ano. Até agora os prazos já foram adiados por várias vezes. A Venezuela vive desde há muito uma crise econômica, exacerbada pelo impacto das sanções financeiras e econômicas contra o país.

    Mais:

    Revelados quantos bilhões de dólares Venezuela perdeu com bloqueio dos EUA
    Governo da Venezuela critica proibição de viagens de cruzeiro a Cuba por parte dos EUA
    EUA usam sanções para impor dominância na arena internacional, diz vice-presidente da Venezuela
    Tags:
    Rostec, EUA, fábrica, militares, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar