21:04 21 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    8786
    Nos siga no

    As Forças de Defesa de Israel informaram que o Hamas lançou, por volta da meia-noite local (18h00 em Brasília) deste sábado (15), uma bateria de foguetes contra regiões do centro e do sul de Israel.

    Em uma postagem nas redes sociais, as FDI acrescentaram que as sirenes de alerta para foguetes foram acionadas em Tel Aviv e nas regiões atingidas, e que a população está protegida em abrigos antiaéreos.

    Após ameaçar disparar foguetes contra Tel Aviv, o Hamas lançou uma bateria pesada de foguetes da Faixa de Gaza contra as regiões central e sul de Israel. Homens, mulheres, crianças e idosos estão em abrigos neste momento, se protegendo dos foguetes lançados contra eles.

    O jornal israelense Times of Israel, por sua vez, informou que a Força Aérea Israelense começou a realizar diversos ataques contra a Faixa de Gaza, pouco depois que os projéteis foram lançados do território palestino.

    O lançamento de foguetes da Faixa de Gaza acontece após o término do cessar-fogo anunciado mais cedo pelo braço armado do Hamas, as brigadas Izz al Din Al-Qassam, que vigorou entre entre 22h00 e 0h00 locais (16h00 e 18h00 em Brasília) e abrangeu apenas a cidade de Tel Aviv.

    Um correspondente da Sputnik em Israel contou que os foguetes começaram a ser lançados da Faixa de Gaza contra o território israelense na madrugada de sábado (15) para domingo (16), por volta da meia-noite local (18h00 em Brasília).

    Pouco depois, as brigadas Al-Qassam confirmaram que retomaram os ataques, lançando projéteis contra Ashkelon, Ashdod e Beersheba, em resposta à destruição de prédios residenciais no território palestino.

    Além dos novos disparos efetuados da Faixa de Gaza contra Israel, as FDI informaram que conseguiram frustrar um atentado em um posto de controle militar próximo da cidade de Hebron, quando um cidadão palestino tentou atropelar os soldados com o seu veículo, mas foi neutralizado pelas forças israelenses.

    A situação na fronteira entre Israel e Faixa de Gaza se agravou na noite de 11 de maio, após expirar o ultimato feito pelo Hamas, que exigia a retirada de militares e policiais israelenses da Esplanada das Mesquitas e do bairro de Sheikh Jarrah, em Jerusalém. 

    Desde então, mais de 2.300 foguetes foram disparados de Gaza contra o território israelense, causando a morte de oito civis e um militar. Israel, por sua vez, levou a cabo centenas de ataques contra o território palestino, vitimando mais 140 pessoas, entre as quais há dezenas de crianças.

    Mais:

    EUA retiram 120 militares de Israel devido aos intensos confrontos no país
    Mais de 1.330 palestinos ficaram feridos após ataques de Israel, afirma organização humanitária
    Israel publica VÍDEO de grande incêndio que teria sido causado por foguetes do Hamas
    Tags:
    conflito armado, lançamento de foguetes, ataque aéreo, Palestina, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar