13:20 18 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    204
    Nos siga no

    34 crianças na Faixa de Gaza e duas em Israel foram mortas em confrontos recentes na região, disse à Sputnik a chefe de comunicação regional do Unicef para o Oriente Médio e o Norte da África, Juliette Touma.

    "De acordo com relatórios que o Unicef ​​recebeu, 34 crianças morreram na Faixa de Gaza desde 10 de maio. Então, só nos últimos quatro dias, tivemos 34 crianças palestinas que foram mortas, o que é um número enorme [...] Também temos duas crianças em Israel", disse Touma nesta sexta-feira (14).

    Além disso, o Unicef disse que mais de 35 escolas foram danificadas na Faixa de Gaza e três em Israel em meio à violência em curso na região e nenhuma está atualmente em operação, segundo Touma.

    ​Desde 10 de maio, 35 escolas na Faixa de Gaza e 3 escolas em Israel foram danificadas pela violência. Os ataques a escolas e estabelecimentos de ensino são uma violação grave contra as crianças.

    Touma ressaltou que as escolas precisam ser retomadas.

    "Mas para que as escolas voltem, é preciso parar o fogo e parar a violência. Pedimos uma redução da escalada de agressões e que a violência chegue ao fim", afirmou.

    O surto mais violento desde 2014 gerou agressões comunitárias em cidades mistas de árabes e judeus e se espalhou para a Cisjordânia. Desde a noite de 11 de maio, cerca de 1.800 foguetes foram disparados da Faixa de Gaza contra Israel, que responderam lançando ataques contra o Hamas.

    Mais:

    Merkel chama bombardeio de Israel perpetrado pela Faixa de Gaza de 'ataques terroristas'
    Sem acordo: Brasil não comprará spray nasal desenvolvido por Israel
    Três foguetes foram disparados da Síria em direção a Israel
    Tags:
    morte, crianças, conflito, Unicef, Palestina, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar