18:22 17 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    191220
    Nos siga no

    Publicamente, Teerã já negou diversas vezes que esteja desenvolvendo armamento nuclear, porém, relatório de inteligência alemão aponta que tanto o país persa como outros estão buscando tecnologia para tal.

    O Irã está procurando desenvolver armas de destruição em massa com materiais de origem europeia, disse um relatório de 380 páginas da inteligência do Escritório do Estado da Baviera para a Proteção da Constituição (BayLfV, na sigla em alemão), segundo o The Jerusalem Post.

    De acordo com o documento, não só Teerã estaria buscando desenvolver um estoque de armas destrutivas nucleares, mas também outros países como a Coreia do Norte e a Síria.

    "Estados relevantes para a proliferação como Irã, Coreia do Norte, Síria e Paquistão estão fazendo esforços para expandir seu arsenal convencional de armas por meio da produção ou modernização constante de armas de destruição em massa", disse o relatório citado pela mídia.

    O documento também aponta que para obter conhecimento necessário e os componentes correspondentes, os países citados estariam tentando estabelecer contatos comerciais com empresas em países de alta tecnologia como a Alemanha.

    Sobre as armas de destruição em massa, a BayLfV define proliferação como "a disseminação não autorizada de armas atômicas, biológicas e químicas de destruição em massa ou os produtos usados ​​para sua fabricação, bem como os sistemas de porta-armas correspondentes, incluindo o conhecimento necessário".

    O Hezbollah também é citado no documento, com o escritório mencionando a existência de 30 membros do grupo terrorista na Baviera e 1.050 membros em toda a Alemanha. As atividades do Hezbollah foram proibidas no país germânico em 2020.

    Presidente iraniano, Hassan Rouhani, segundo da direita e chefe da Organização de Energia Atômica do Irã, Ali Akbar Salehi, visitam usina nuclear iraniana em Teerã, 11 de abril de 2021
    © AP Photo / Gabinete Presidencial do Irã
    Presidente iraniano, Hassan Rouhani, segundo da direita e chefe da Organização de Energia Atômica do Irã, Ali Akbar Salehi, visitam usina nuclear iraniana em Teerã, 11 de abril de 2021

    O Irã constantemente nega a intenção de desenvolver armamento nuclear e no momento se encontra entre negociações com os EUA no objetivo de restaurar o acordo nuclear, conhecido como Plano de Ação Conjunto Global (JCPOA, na sigla em inglês), que visa o não desenvolvimento de armas nucleares.

    Mais:

    EUA investem US$ 18 bilhões em interceptor avançado para impedir mísseis da Coreia do Norte e do Irã
    Moscou não permitirá que o Irã possua bomba nuclear em nenhuma circunstância, diz diplomata
    Irã reconhece autenticidade de áudio vazado com declarações polêmicas do ministro Zarif
    Tags:
    inteligência, Alemanha, arma nuclear, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar