15:31 21 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    141245
    Nos siga no

    Os sistemas de defesa antiaérea Pantsir-S e Buk-M2, de produção russa, repeliram com sucesso ataque da Força Aérea de Israel na Síria.

    O ataque de míssil de Israel ao subúrbio de Damasco em 28 de fevereiro foi repelido pelos Pantsir-S e Buk-M2, confirmando, assim, alta eficácia dos sistemas de defesa antiaérea, segundo informou à Sputnik uma fonte militar na segunda-feira (1º).

    Na noite de 28 de fevereiro, caças F-16 da Força Aérea de Israel dispararam 12 mísseis guiados, lançados das colinas de Golã, contra o Aeroporto Internacional de Damasco e vilarejo Al-Ghuzlaniyah, na Síria.

    Os sistemas de defesa antiaérea da Síria "repeliram com sucesso os mísseis lançados israelenses" com sistemas Pantsir-S e Buk-M2.

    "Com os meios das forças de alerta da defesa antiaérea síria Pantsir-S e Buk-M2, foram destruídos os mísseis lançados que não atingiram seus alvos, confirmando alta eficácia dos sistemas de defesa antiaérea russos", segundo a fonte militar.

    A fonte acrescentou não ter havido vítimas entre pessoal ou danos de equipamento militar.

    Mais:

    Radar do caça russo Su-35 é destacado pela mídia norte-americana
    Rússia e Síria acusam EUA de entregarem ajuda humanitária da ONU a terroristas
    Drones furtivos e sistemas de defesa: poder aéreo do Irã é enaltecido por revista norte-americana
    Helicóptero drone de combate da Turquia é exibido pela 1ª vez (VÍDEO, FOTOS)
    'Irã claramente está por trás da explosão do navio israelense no golfo de Omã', diz Netanyahu
    Tags:
    Damasco, defesa antiaérea, foguetes, israel, ataque, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar