18:43 18 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    236
    Nos siga no

    A Embaixada dos Estados Unidos na Líbia dá as boas-vindas à garantia do Marechal de Campo Khalifa Haftar, chefe do Exército Nacional da Líbia (LNA, na sigla em inglês), da retomada de produção de petróleo do país. 

    "À medida que as partes responsáveis ​​da Líbia se unem em um diálogo pacífico facilitado pela ONU, a Embaixada dos EUA é encorajada por um aparente acordo soberano da Líbia para permitir que a National Oil Corporation (NOC) retome seu trabalho vital e apolítico", disse a embaixada estadunidense. 

    De acordo com o comunicado, em uma troca de cartas entre o embaixador dos Estados Unidos na Líbia, Richard Norland, e o líder do LNA, Norland destacou o apoio de Washington a um modelo financeiro que garanta que as receitas de petróleo e gás sejam administradas de forma transparente no país. 

    "O LNA posteriormente transmitiu ao governo dos Estados Unidos o compromisso pessoal do general Haftar de permitir a reabertura total do setor de energia até 12 de setembro", afirmou a embaixada dos EUA.

    A representação diplomática dos Estados Unidos também destacou que a retomada da produção de petróleo "com uma gestão transparente das receitas" foi pedida pelo primeiro-ministro e líder do Governo do Acordo Nacional (GNA, na sigla em inglês) Fayez al-Sarraj e o presidente da Câmara dos Representantes Águila Saleh.

    Em agosto, Saleh anunciou a retomada da produção e exportação de petróleo no país e que os lucros das atividades serão mantidos em uma conta especial até que exista um acordo político entre o GNA e o LNA. No final do mesmo mês, os primeiros petroleiros deixaram o país desde que o LNA bloqueou as exportações.

    As vendas de petróleo para o exterior haviam sido paralisadas em janeiro de 2020 por ordem de Haftar, afirma a National Oil Corporation.

    Mais:

    Alemanha, França e Itália ameaçam impor sanções por violação de embargo de armas na Líbia
    Cerca de 160 mercenários são presos no Sudão a caminho da Líbia
    GNA e LNA anunciam cessar-fogo na Líbia
    Parlamento do Leste, ligado ao LNA, reafirma compromisso com cessar-fogo na Líbia
    Tags:
    produção, petróleo, Khalifa Haftar, Estados Unidos, Líbia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar