19:28 19 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    9515
    Nos siga no

    Estados Unidos estão oferecendo uma recompensa de até US$ 10 milhões por informações que levem à prisão do comandante do Hezbollah do Líbano.

    O comandante do Hezbollah, Muhammad Kawtharani, supostamente lidera as forças paramilitares xiitas no Iraque, informou o Departamento de Estado norte-americano em um comunicado nesta sexta-feira (10).

    "O programa Rewards for Justice [Recompensas por Justiça, em português] do Departamento de Estado dos EUA está oferecendo uma recompensa de até US$ 10 milhões por informações sobre as atividades, redes e associados de Muhammad Kawtharani, um comandante militar do Hezbollah", diz o comunicado.

    O Departamento de Estado alegou que Kawtharani, membro do Conselho Político do Hezbollah, assumiu o papel de coordenador das forças paramilitares no Iraque, que anteriormente eram desempenhadas pelo comandante da Força Quds iraniana Qassem Soleimani. As forças americanas assassinaram Soleimani em um ataque de drones em janeiro.

    "Kawtharani trabalhou para promover os interesses do Hezbollah no Iraque, incluindo os esforços do Hezbollah para fornecer treinamento, financiamento, apoio político e logístico aos grupos insurgentes xiitas iraquianos", afirmou o documento.

    O Departamento do Tesouro dos EUA adicionou Kawtharani à sua lista de terroristas internacionais em 2013.

    Tags:
    Hezbollah, recompensa, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar