15:00 22 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    567
    Nos siga no

    A Arábia Saudita condenou a decisão do parlamento turco de autorizar o envio de tropas para a Líbia.

    Segundo Riad, a medida viola as resoluções do Conselho de Segurança da ONU sobre a Líbia e restringe os esforços para resolver a crise no país devastado pelo conflito, informou a agência de notícias estatal SPA, citando o Ministério das Relações Exteriores da Arábia Saudita neste domingo.

    O legislativo turco aprovou a medida na quinta-feira, atendendo um pedido do Governo do Acordo Nacional da Líbia, apoiado pelas Nações Unidas. Trípoli vem enfrentando as ofensivas do rival Exército Nacional da Líbia (LNA), com sede no leste do país e comandado por marechal Khalifa Haftar.

    SPA informou que Riad expressou sua rejeição à decisão dos legisladores turcos e criticou Ancara por escalar a situação na Líbia.

    O Ministério das Relações Exteriores da Arábia Saudita, citado pelo órgão, disse que a autorização do parlamento para o envio de tropas para a Líbia também é contrária à declaração adotada pela Liga Árabe durante sua reunião de emergência na Líbia, realizada em 31 de dezembro. A declaração alertou contra o envio de forças estrangeiras para a Líbia, observando que a medida compromete a segurança da região.

    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar