18:39 09 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Apoiadoras do grupo Basij, afiliado da Guarda Revolucionária Iraniana, comemoram 40 anos do estabelecimento do grupo, em Teerã, 24 de novembro de 2019

    Justiça iraniana condena EUA a pagar US$130 bilhões de dólares por 'atrocidades'

    © AP Photo / Vahid Salemi
    Oriente Médio e África
    URL curta
    13215
    Nos siga no

    Os pagamentos devem ser feitos a mais de 360 cidadãos iranianos que apresentaram demandas contra o país norte-americano.

    A agência Tasnim informou na terça-feira (3) que a justiça iraniana condenou os Estados Unidos a pagar US$ 130 bilhões (cerca de R$ 549 bilhões) a mais de 360 cidadãos iranianos por "atrocidades" cometidas por Washington contra o Irã.

    O porta-voz judicial, Gholamhossein Esmaili, citado pela agência Mizan, disse em uma coletiva de imprensa que até agora foram apresentadas 360 demandas "de condenação das ações do governo dos EUA", que devem ser cumpridas "para o benefício de nossos cidadãos".

    Os recentes protestos ocorridos no Irã tiveram o apoio dos Estados Unidos. Mike Pompeo, o secretário de Estado dos EUA, tem apoiado os manifestantes com tweets, incluindo em língua persa, condenando o governo iraniano e até pedindo evidências de maus tratos por parte das autoridades.

    Mulher oberva funcionários que interditam banco queimado durante protestos em Teerã, no dia 20 de novembro de 2019
    © REUTERS / Wana / Nazanin Tabatabaee
    Mulher oberva funcionários que interditam banco queimado durante protestos em Teerã, no dia 20 de novembro de 2019

    Os protestos eclodiram em 15 de novembro, sendo inicialmente pacíficos, mas depois violentos, com várias mortes tanto do lado dos manifestantes como das forças de segurança, depois que o governo limitou o consumo de gasolina e aumentou seu preço em pelo menos 50%.

    Mais:

    Marinha dos EUA reporta 'aproximação perigosa' de avião do Irã de navios americanos (FOTO)
    Seis países europeus aderem a mecanismo financeiro para continuar comércio com Irã
    Irã inicia produção em massa de míssil de cruzeiro com alcance 'surpreendente', diz oficial
    Tags:
    Protestos no Irã, EUA, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar