14:02 14 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Protesto no Irã

    Irã afirma ter detido 8 pessoas ligadas à CIA por ligação com protestos

    © REUTERS / Ahmed Jadallah
    Oriente Médio e África
    URL curta
    8231
    Nos siga no

    O Irã deteve oito pessoas, supostamente ligadas à CIA, em meio aos protestos contra o governo no país, informou a emissora estatal iraniana IRIB nesta quarta-feira (27).

    "Seis pessoas que participaram de protestos e agiram sob ordens de agências de inteligência estrangeiras, além outras duas pessoas que reuniram informações [sobre os distúrbios] e pretendiam enviá-las para o exterior, foram detidas", disse o Ministério da Inteligência do Irã, de acordo com a IRIB.

    Desde outubro, o país persa enfrenta manifestações de grandes proporções que pedem a renúncia do atual governo, além de reformas econômicas, melhores condições de vida e o fim da corrupção.

    O líder supremo do Irã, Ali Khamenei, afirmou que a instabilidade no país é causada por "uma grave, extensa e perigosa conspiração". O presidente Hassan Rouhani, por sua vez, já acusou Arábia Saudita e Israel, além dos Estados Unidos, de estarem envolvidos nos protestos. 

    A Anistia Internacional publicou balanço na semana passada em que afirma que a repressão aos atos já deixou 106 mortos.

    Mais:

    Irã espera receber empréstimo de US$ 2 bilhões da Rússia
    'Golpe esmagador': Irã ameaça nações possivelmente envolvidas em protestos no país
    Polícia do Irã prende cerca de 180 supostos líderes de protestos
    Principal general dos EUA visita Israel em meio a tensão com Irã
    'Irã poderá atacar de novo', diz general dos EUA
    Irã adverte EUA, Israel e Arábia Saudita: serão destruídos se cruzarem nossas linhas vermelhas
    Tags:
    protestos, CIA, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar