03:24 28 Maio 2018
Ouvir Rádio
    Um menino olha para a câmera enquanto se senta nos destroços de uma casa destruída por um ataque aéreo liderado pelos sauditas nos arredores de Sanaa, Iêmen.

    Ataque da coalizão da Arábia Saudita mata 12 pessoas, inclusive 7 crianças, no Iêmen

    © REUTERS / Mohamed al-Sayaghi
    Oriente Médio e África
    URL curta
    317

    Em resultado de um ataque aéreo da coalizão árabe, encabeçada pela Arábia Saudita, no oeste do Iêmen foram mortos 12 civis, sendo 7 deles crianças.

    As imagens terríveis do ataque foram divulgadas hoje (3) pela agência Ruptly. Nesta gravação se pode ver como os corpos mutilados são levados do local do acidente; entre as vítimas há menores de até 10 anos, inclusive bebés.

    De acordo com os dados preliminares, todos os mortos faziam parte da mesma família e teriam fugido de outras áreas do país afetadas pela guerra.

    O conflito armado no Iêmen tem se arrastado desde 2014. Por um lado, estão os rebeldes houthis do movimento xiita Ansarullah, e por outro — as tropas governamentais e milícias, com apoio aéreo e no terreno da coalizão árabe encabeçada pela Arábia Saudita.

    O número exato das vítimas da guerra civil é desconhecido. Em 2016, a ONU o avaliava em cerca de 10 mil pessoas.

    Enquanto isso, os EUA, bem como vários países europeus, continuam fornecendo armas no valor de dezenas de bilhões de dólares às autoridades sauditas sem considerar os apelos expressos por parte das Nações Unidas.

    Mais:

    Suécia tem algo a esconder quanto à guerra no Iêmen?
    Rússia é a única esperança de paz no Iêmen?
    Arábia Saudita intercepta mísseis disparados do Iêmen sobre Riad (VÍDEOS)
    Tags:
    ataque aéreo, guerra civil, houthis, Iêmen, Arábia Saudita, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik