22:32 01 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    444
    Nos siga no

    O Departamento de Estado dos EUA aprovou potenciais vendas de armas para a Arábia Saudita na casa dos US$ 1 bilhão, incluindo peças de reposição para veículos blindados, manutenção de helicópteros e mísseis antitanque, informou a Agência de Cooperação de Defesa.

    "O Departamento de Estado determinou a aprovação de uma possível venda militar à Arábia Saudita de mísseis TOW 2B (BGM-71F-Series) por um custo estimado de US $ 670 milhões", disse o primeiro comunicado. 

    Já o segundo comunicado contabilizava uma nova venda de US$ 300 milhões para "peças comuns de reparo para apoiar a frota de tanques M1A2 Abrams da Arábia Saudita, veículos de combate M2 Bradley, veículos com rodas multiuso de alta mobilidade, veículos blindados leves, suporte adicional e outros elementos relacionados logística e ao programa de apoio".

    As vendas acontecem durante o conflito no Iêmen, imerso em uma forte batalha entre o governo liderado pelo presidente iemenita Abd Rabbuh Mansur Hadi e o movimento Houthi, também conhecido como Ansar Allah. Desde março de 2015, a coalizão liderada pelos sauditas vem realizando ataques aéreos contra os houthis a pedido de Hadi.

    Tags:
    houthis, Departamento de Estado dos EUA, Abd Rabbuh Mansur Hadi, Washington, Estados Unidos, Iêmen, Arábia Saudita
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar