11:57 18 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Seguidores do movimento Houthi em manifestação de repúdio à interferência estrangeira nos assuntos internos do Iêmen em Sanaa

    Correspondente da Sputnik no Iêmen desaparece

    © REUTERS / Mohamed al-Sayaghi
    Oriente Médio e África
    URL curta
    Crise no Iêmen: rebeldes houthis matam antigo aliado e ex-presidente Ali Abdullah Saleh (23)
    6410

    O correspondente da Sputnik no Iêmen desapareceu após os rebeldes houthis tomarem os estúdios da rede de televisão Yemen Today nesta segunda-feira (4) na capital do país, Sanaa.

    A rede de televisão é do ex-presidente Ali Abdullah Saleh — que foi morto pelos rebeldes hoje. Os houthis cercaram a Yemen Today e cerca de 40 funcionários estão presos no local. Os rebeldes afirmam ter tomado Sanaa.

    O correspondente da Sputnik desapareceu há cerca de 24 horas.

    O Iêmen está em guerra civil desde 2015. O ex-presidente Ali Abdullah Saleh era apoiado por uma coalizão internacional liderada pela Arábia Saudita, que acusa os rebeldes houthis de obter apoio do Irã. 

    O conflito é responsável por uma das piores crises humanitárias do mundo e matou pelo menos 10 mil pessoas.

    Tema:
    Crise no Iêmen: rebeldes houthis matam antigo aliado e ex-presidente Ali Abdullah Saleh (23)

    Mais:

    Arábia Saudita intercepta míssil de grupo rebelde do Iêmen
    Bloqueio saudita a portos do Iêmen pode acabar com a comida do país em 100 dias
    Coalizão liderada pela Arábia Saudita ataca Ministério da Defesa do Iêmen
    Crise no Golfo: Sauditas usam bombas brasileiras para matar civis no Iêmen, afirma HRW
    Coalizão árabe fecha todos os portos terrestres, marítimos e aéreos com o Iêmen
    Tags:
    Iêmen
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar