03:31 23 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Caça russo na base aérea de Hmeymim, na Síria

    Um ano depois: 'operação russa foi o salvamento da Síria'

    © Sputnik / Alexander Astafyev
    Oriente Médio e África
    URL curta
    Um ano da operação russa na Síria (24)
    29281

    A Síria já teria ficado nas mãos do Daesh se a Rússia não tivesse vindo em seu socorro, disse o líder de grupo de oposição síria.

    A operação russa na Síria, que dura já há quase um ano, ajudou o país a sobreviver e permanecer unido, sem ter caído nas mãos dos terroristas, disse à Sputnik na terça-feira (27) Qadri Jamil, líder da plataforma de oposição Moscou-Cairo-Astana.

    "O papel da Rússia tem sido decisivo. Preveniu que o país se desintegrasse. Estávamos perto de cair nas mãos do Daesh. Foi um passo histórico", disse Jamil.

    A Rússia lançou uma operação aérea contra as posições terroristas na Síria em 30 de setembro de 2015 a pedido do presidente sírio Bashar Assad. Desde essa altura e até março de 2016 a aviação russa realizou mais de 9 mil missões contra o grupo terrorista proibido na Rússia, apoiando Damasco em ofensivas em regiões-chave do país.

    "Não haveria Estado sírio [sem o envolvimento russo]… E a Rússia teria enfrentado problemas porque a Síria se teria tornado em uma base dos terroristas. Este ano [do envolvimento russo] foi muito positivo. Esperamos que este envolvimento termine com uma plena vitória sobre o terrorismo", acrescentou Jamil.

    Em março, o presidente russo Vladimir Putin tomou a decisão de retirar a maior parte das forças russas depois de terem completado suas missões na Síria. Ao mesmo tempo, a Rússia não abandonou as suas obrigações de fornecer ao governo sírio armas e equipamento militar e treinar especialistas militares. A base área de Hmeymim, bem como instalações navais do porto de Tartus, continuam operacionais, enquanto os sistemas de defesa antiaérea protegem os militares russos na Síria, um país que continua mergulhado na guerra.

    Tema:
    Um ano da operação russa na Síria (24)

    Mais:

    Coalizão liderada pelos EUA lança 27 ataques aéreos na Síria e no Iraque
    Representante da Síria: inteligência síria tem gravação de conversa entre Daesh e EUA
    Cessar-fogo na Síria fracassou 'porque alguns em Washington queriam seu fracasso'
    'Agora tudo depende da Rússia, Irã e Síria'
    Síria tem 21 violações do cessar-fogo nas últimas 24 horas
    Tags:
    operação, base, apoio, terrorismo, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar