10:41 26 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    130
    Nos siga no

    O número de mortes em grandes acidentes aéreos no mundo caiu mais da metade em 2019, de acordo com um relatório de uma empresa de consultoria em aviação.

    A consultoria To70 afirma que 257 pessoas morreram em oito acidentes fatais em 2019. Em 2018, 13 acidentes fatais causaram 534 óbitos. 

    O número de mortos em 2019 aumentou no final de dezembro, depois que um Bek Air Fokker 100 caiu no Cazaquistão, matando 12 pessoas. O pior acidente de 2019 envolveu um avião da Ethiopian Airlines, um Boeing 737 MAX que caiu em 10 de março, matando 157 pessoas.

    O relatório disse que os acidentes fatais em 2018 e 2019 que causaram a paralisação dos voos do 737 MAX da Boeing levantaram questões sobre como as autoridades aprovam projetos de aviação, afirma a agência de notícias Associated Press.

    A Boeing disse esperar que o 737 MAX ganhe permissão para voar novamente em 2020.

    O relatório disse que a taxa de acidentes fatais para grandes aviões no transporte aéreo comercial caiu para 0,18 acidentes fatais por milhão de voos em 2019, ante 0,30 acidentes por milhão de voos em 2018. Isso significa que houve um acidente fatal para cada 5,58 milhões de voos.

    Este relatório é baseado em acidentes envolvendo aeronaves maiores usadas na maioria dos voos comerciais de passageiros. Exclui acidentes envolvendo pequenos aviões, vôos militares, vôos de carga e helicópteros.

    Mais:

    Como sequestrador conhecia fraqueza do avião MH370
    Assim era o 1º avião de passageiros a superar barreira supersônica
    Avião estacionado gira em seu próprio eixo após colidir com outra aeronave (VÍDEO)
    Avião com 98 pessoas cai no Cazaquistão e deixa ao menos 12 mortos (VÍDEOS)
    Tags:
    acidente aéreo, avião
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar