22:30 23 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Vladimir Putin, presidente da Rússia

    Putin anuncia que Rússia vai cortar missão diplomática dos EUA em 755 pessoas

    © Sputnik / Alexey Druzhinin
    Mundo
    URL curta
    139683
    Nos siga no

    O presidente da Rússia, Vladimir Putin, informou neste domingo (30) que 755 diplomatas norte-americanos vão encerrar as suas atividades na Rússia.

    "A equipe da missão diplomática dos EUA na Rússia será cortada em 755 pessoas e será como a missão diplomática russa na América — com 455 pessoas de cada lado", disse Putin em entrevista à mídia russa. 

    Putin ressaltou que ele acredita que a redução é considerável, pois mais de mil funcionários norte-americanos que atualmente vivem e trabalham na Rússia terão que voltar para os Estados Unidos.

    "Porque mais de mil funcionários — diplomatas e técnicos — trabalharam e ainda estão trabalhando na Rússia, e 755 deles terão que encerrar seu trabalho na Federação da Rússia. É considerável", acrescentou Putin.

    No início desta semana, o Congresso dos EUA aprovou um projeto de lei sobre novas sanções contra o Irã, a Coreia do Norte e a Rússia.

    As sanções, se adotadas, irão impor novas medidas restritivas à Rússia, em particular contra a indústria da energia, devido à alegada interferência de Moscou nas eleições presidenciais dos EUA de 2016 e nos assuntos internos da Ucrânia.

    Mais:

    Polônia reage à intenção europeia de impor sanções contra seu próprio membro
    Bolívia condena sanções dos EUA contra Rússia
    Tillerson diz que sanções dos EUA são para 'melhorar' as relações com a Rússia
    Irã rejeita novas sanções de Washington e mantém programa de mísseis
    Tags:
    missão diplomática, diplomatas, sanções, Vladimir Putin, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar