23:35 20 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Refugiados sírios no Líbano (arquivo)

    Lavrov: sanções ocidentais agravam crise humanitária na Síria

    ACNURS_Malkawi
    Mundo
    URL curta
    770
    Nos siga no

    O ministro russo das Relações Exteriores, Sergei Lavrov, destacou hoje o impacto trágico que as sanções impostas pelo Ocidente causam sobre a população da Síria, já em grave dificuldade por conta dos conflitos que atingem o país há mais de seis anos.

    "Parece que chegou a hora de observar também as consequências humanitárias das sanções que a UE e os EUA adotaram contra a República Árabe da Síria", afirmou Lavrov após um encontro com a alta representante da União Europeia para Política Externa e Segurança, Federica Mogherini. De acordo com o chanceler, essas medidas afetam diretamente a capacidade síria até de produzir alguns itens de extrema necessidade, como remédios e outros produtos farmacêuticos.

    "Lavrov: Entre Rússia e UE, existe o entendimento de que somos vizinhos, e precisamos resolver as questões com base no consentimento mútuo."

    O ministro russo sublinhou que reconhece o fato de a União Europeia estar se esforçando para ajudar a aliviar a situação da população síria, mas lembrou que essa situação poderia ser menos grave sem as sanções ocidentais.  

    Mais:

    Holocausto da Fome: Mundo enfrenta pior crise humanitária desde 1945
    Rússia acusa UE de piorar crise humanitária na Síria com sanções
    Moscou acusa Washington de ignorar crise humanitária na Ucrânia
    Ban Ki-moon afirma que crise humanitária na Síria é a mais grave da atualidade
    Tags:
    União Europeia, UE, Federica Mogherini, Sergei Lavrov, Bruxelas, Bélgica, Rússia, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar