00:02 23 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Frederica Mogherini

    Imprensa: Mogherini ficou 'furiosa' com Tillerson, após a visita do americano a Moscou

    © Sputnik / Artyom Zhitnev
    Mundo
    URL curta
    432

    O secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson, enfureceu a chefe da diplomacia da União Europeia, Federica Mogherini, ao ignorar sua solicitação de uma conversa telefônica, revelou a revista Foreign Policy, citando fontes anônimas de Bruxelas.

    O incidente ocorreu logo após a visita de Tillerson a Moscou, em abril de 2017. O Departamento de Estado norte-americano recusou o pedido de Mogherini de realizar uma conversa telfônica com o secretário. "Isso realmente enfureceu ela", declaro uma das fontes da Foreign Policy.

    Em vez de uma conversa com Tillerson, os diplomatas norte-americanos propuseram organizar uma reunião com o diretor de planejamento de políticas do Departamento de Estado, Brian Hook. O funcionário, apesar de possuir certa influência, está alguns degraus abaixo de Tillerson, destacou o autor da matéria. Mogherini recusou a proposta. 

    O conselheiro de secretário de Estado, Robert Hammond, não negou o incidente, mas explicou à publicação que os diplomatas americanos ofereceram à Mogherini a opção "mais viável, considerando as situação". 

    Um dos diplomatas europeus, que decidiu permanecer no anonimato, disse que UE não recebeu uma recusa formal da solicitação de Mogherini. Alguns funcionários do Departamento de Estado, que conversaram com a revista, afirmaram supor que a conversa não aconteceu, pois as partes simplesmente não foram capazes de conciliar as agendas de trabalho dos seus chefes.

    Segundo a revista, essa versão seria plausível, pois uma série de cargos importante no Departamento de Estado ainda não foi preenchida. Por exemplo, até agora não foram nomeados os representantes dos EUA junto à OTAN e à UE. Por outro lado, os diplomatas europeus não estão certos de que os incidentes refletem somente a falta de organização da administração norte-americana, e temem que Washington esteja ciente de suas ações.

    Mais:

    Em dia de ataque de Trump, Merkel reafirma que Europa precisa ser dona do próprio destino
    Angela Merkel: Europa não pode contar mais com EUA e Reino Unido
    Lavrov e Tillerson debatem soluções políticas para crise na Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik