22:52 15 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    2518
    Nos siga no

    O senador norte-americano John McCain declarou que tentará atrapalhar Donald Trump no processo de retirar as sanções contra Rússia, caso o presidente dos EUA realmente adotar esses passos.

    "Se ele o fizer, vou trabalhar com os meus colegas, a fim de evitar o levantamento das sanções contra a Rússia", disse o senador, citado pela agência Reuters

    Aos 80 anos de idade, McCain é conhecido pela política externa de "falcão" e por apoiar o reforço das sanções contra a Rússia.

    Anteriormente, o assessor do presidente dos EUA, Kellienn Conway, disse em entrevista à Fox News que a abolição das sanções anti-russas são discutidas no contexto de "melhorar as relações com vários líderes estrangeiros e potências".

    O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, confirmou que Putin realizará uma conversa telefônica com Trump no sábado (28) para parabenizar o presidente norte-americano pela posse e para discutir as relações bilaterais entre Moscou e Washington. 

    Mais:

    Mídia: Trump prepara decreto para levantamento das sanções contra Rússia
    'Obcecados pelas sanções': senador russo critica Merkel e senadores dos EUA
    'Sanções contra Rússia devem ser mantidas', diz embaixadora dos EUA na ONU
    CNN: antes da corrida presidencial Trump apoiava sanções contra a Rússia
    Tags:
    restrições, relações, sanções, Vladimir Putin, Dmitry Peskov, Donald Trump, John McCain, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar