00:42 22 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    O novo presidente dos EUA Donald Trump na Casa Branca, Washington, 20 de janeiro de 2017

    Mídia: Trump prepara decreto para levantamento das sanções contra Rússia

    © AFP 2019 / JIM WATSON
    Sociedade
    URL curta
    47460
    Nos siga no

    A administração do presidente dos EUA Donald Trump preparou os documentos necessários para o levantamento das sanções antirrussas, comunica o analista Fabrice Pothier.

    "As fontes comunicam que a administração de Trump preparou a ordem presidencial para o levantamento das sanções contra a Rússia", comunica Pothier, pesquisador do centro analítico Atlantic Council, no seu Twitter.

    ​A informação sobre o levantamento das medidas restritivas contra a Rússia foi confirmada também pela colaboradora da edição norte-americana Político Susan Glasser.

    "Várias fontes comunicam que de acordo com o decreto as sanções serão levantadas de forma unilateral", escreveu ela.

    ​As relações entre a Rússia e os países do Ocidente se vêm deteriorando desde o ano de 2014 por causa da situação na Ucrânia. Inicialmente, os países da UE, EUA e Canadá introduziram sanções individuais contra várias pessoas, após o que foram introduzidas sanções setoriais. Em resposta, a Rússia limitou as importações dos países que tinham introduzido sanções.

    Entretanto, o porta-voz do presidente da Rússia Dmitry Peskov informou que o Kremlin não sabe nada sobre os planos da possível abolição das sanções.

    "Não sabemos nada sobre isso. Como eu entendo, a informação é despersonalizada, não sei se corresponde à realidade", disse Peskov aos jornalistas.

    Segundo o representante do Kremlin, no sábado Putin tenciona felicitar Trump pela sua inauguração. Durante a conversa telefônica os presidentes vão também discutir as relações bilaterais. 

    Mais:

    Trump: cooperação com a Rússia colocará um fim no Daesh
    Mídia dos EUA: Inteligência não tem provas de laços entre Trump e Rússia
    Tags:
    ordem, inauguração, administração, levantamento, informação, relações, reação, política, sanções, Casa Branca, Kremlin, Donald Trump, Dmitry Peskov, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar