19:57 20 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Combatentes da milícia no campo dos refugiados palestino de Handarat no sudeste de Aleppo liberada dos terroristas, Síria

    'Oposição moderada usa armas químicas na Síria', acusa embaixador

    © Sputnik / Mikhail Alaeddin
    Mundo
    URL curta
    0 06

    O embaixador da Síria na Rússia, Riad Haddad, acusou a chamada 'oposição moderada' síria de fazer uso de armas químicas no país árabe.

    "Os assim chamados grupos terroristas moderados utilizam armas químicas contra o Exército sírio e civis, recebidas de países que apoiam o terrorismo", declarou o diplomata. 

    "Por exemplo, em 31 de outubro e 3 e 13 de novembro deste ano, dezenas de pessoas morreram [com os ataques], entre elas militares e civis, inclusive mulheres e crianças", afirmou o embaixador sírio durante uma conferência sobre o Oriente Médio em Moscou. 

    Haddad também acrescentou que o governo sírio exigiu que a Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPAQ) enviasse especialistas para conduzir uma "investigação aberta e transparente desses casos".

    Apesar dos numerosos relatos sobre o uso de armas químicas pelos militantes armados sírios, o Painel de Peritos do Mecanismo Conjunto de Investigação da OPAQ-ONU publicou recentemente um quarto relatório acusando o governo do presidente sírio, Bashar Assad, de ter usado armas químicas no país entre 2014 e 2015. No último sábado (12), o Ministério das Relações Exteriores da Rússia lamentou a decisão da OPAQ.

    Mais:

    Rússia entregará à OPAQ provas de uso de armas químicas por terroristas na Síria
    OPAQ anuncia destruição completa das armas químicas da Síria
    Afinal, de onde vêm armas químicas dos rebeldes sírios?
    Rússia encontra evidência de uso de armas químicas em Aleppo
    Tags:
    militares, civis, ataque, armas químicas, oposição moderada, ONU, Exército Árabe Sírio, OPAQ, Bashar Assad, Riad Haddad, Rússia, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar