ONU aprova extensão da missão conjunta sobre o uso de armas químicas na Síria

© REUTERS / Eduardo Munoz Integrantes do Conselho de Segurança da ONU
Integrantes do Conselho de Segurança da ONU - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Conselho de Segurança da ONU aprovou a extensão do mandato da missão de investigação conjunta sobre a proibição de armas químicas na Síria.

A missão conjunta da ONU e da Organização para a Proibição de Armas Químicas foi prorrogada até 18 de novembro nesta segunda-feira (31). Segundo o representante permanente da Rússia na ONU, Vitaly Churkin, "a resolução foi aprovada por unanimidade por 15 votos dos membros do Conselho de Segurança". 

Casa Branca, residência oficial do Presidente dos Estados Unidos - Sputnik Brasil
EUA pedem que Rússia e Irã pressionem Síria sobre uso de armas químicas
Após a votação, Churkin dirigiu-se ao Conselho no seu papel de embaixador, dizendo que a Rússia apoiou a resolução e esperava que a extensão de curto prazo daria aos países-membros tempo para discussões substantivas sobre o futuro da missão conjunta.

Na semana passada, a Rússia disse que uma prorrogação de longo prazo do mandato da missão deveria ser expandida para cobrir os esforços anti-terrorismo e de segurança regional. 

O mecanismo conjunto foi criado em 2013 para investigar e julgar crimes de guerra com o uso de armas químicas na Síria.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала