23:30 08 Março 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0 161
    Nos siga no

    O conselho regional da Lombardia, nesta terça-feira, apreciará o projeto de uma resolução proposta pelo partido Liga Norte, que solicita ao governo italiano a condenação da política da UE referente à Crimeia e a revogação das sanções contra a Rússia.

    No caso da aprovação do projeto da resolução, o presidente do conselho regional e o governador da região estarão autorizados pelo legislativo a realizar tramites com o parlamento italiano e com instituições da UE, com objetivo de rever as relações com a Rússia. Os membros do conselho regional também exigem que o governo italiano "condene a política internacional da UE em relação a Crimeia" e pedem o reconhecimento da vontade manifestada pelo parlamento e pelo povo da Crimeia em referendo.  

    Lombardia é a terceira região italiana, cujo conselho regional a discutir o reconhecimento da Crimeia e a revogação das sanções contra a Rússia. Resoluções análogas já foram aprovadas pelos conselho regionais de Vêneto, em 18 de maio, e de Ligúria, em 29 de junho.

    As relações da Rússia e do Ocidente se deterioraram em função dos acontecimentos na Ucrânia. UE e EUA adotaram sanções contra a Rússia. Em resposta, Rússia limitou a importação de produtos alimentícios de países que adotaram sanções. Em junho de 2015, em resposta à prorrogação das sanções, também prorrogou o embargo aos produtos europeus até 5 de agosto de 2016. As sanções econômicas contra a Rússia afetam a sua indústria de defesa, bem como o setor financeiro e de petróleo.

    Mais:

    Chancelaria russa classifica sanções dos EUA como apoio indireto aos terroristas
    Rússia: prorrogação de sanções é 'miopia política'
    UE prolonga sanções contra Rússia até janeiro de 2017
    França quer eliminar sanções contra a Rússia 'o mais rápido possível', diz chanceler
    Embaixador: empresários poloneses querem fim das sanções contra Rússia
    Senado italiano rejeita projeto de abolição das sanções contra Rússia
    Tags:
    sanções, Vêneto, Ligúria, UE, Crimeia, Rússia, Milão, Lombardia, Itália
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar