01:28 07 Março 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    0 50
    Nos siga no

    O Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia da Itália, registrou nesta terça-feira (16) um aumento acentuado da atividade do vulcão Etna, localizado na ilha da Sicília.

    A erupção, que começou às 16h10 (horário local, 11h10 em Brasília) na cratera sudeste, criou fontes de lava, além de uma nuvem de fumaça e cinzas com mais de um quilômetro de altura.

    Caiu uma "chuva de pedras" nas localidades de Nicolosi, Pedara, Mascalucia e Trecastagni, causando alguns danos materiais, mas sem deixar vítimas ou feridos.

    O aeroporto internacional da cidade de Catânia, capital administrativa da região da Sicília, suspendeu suas atividades, pois a nuvem de fumaça não garante a segurança nos voos.

    Embora seja um vulcão bastante ativo e entre em erupção regularmente, normalmente não causa danos graves ou mortes.

    A erupção mais forte do período histórico foi registrada em 1669, quando o vulcão esteve ativo por quatro meses, emitindo cerca de 950 milhões de metros cúbicos de lava e destruindo várias aldeias sicilianas.

    Mais:

    Itália toma medidas contra TikTok após morte de uma garota
    Ex-chefe do Banco Central Europeu, Mario Draghi, aceita ser novo primeiro-ministro da Itália
    Ruínas de luxuosa 'sala de jantar' do imperador romano Adriano são encontradas na Itália (FOTO)
    Tags:
    erupção, natureza, Monte Etna, vulcão, Itália
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar