00:42 26 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    Pandemia de COVID-19 no mundo em meados de novembro (90)
    0 40
    Nos siga no

    O ministro das Relações Exteriores da Hungria, Peter Szijjarto, assinalou a chegada de amostras da vacina russa em um post no Facebook, nesta quinta-feira (19).

    No post, Szijjarto adicionou fotos da chegada da vacina a Budapeste.

    Registro de quarentena - Dia 17, Parte 5

    O governo fará todos os esforços para fornecer a vacina da melhor qualidade e mais segura ao povo húngaro, do maior número de fontes possíveis, para proteger suas vidas e saúde.

    A Hungria é o primeiro país europeu a receber uma amostra da vacina russa. Sputnik V em Budapeste.

    Ainda segundo o ministro, as amostras serão entregues a especialistas para estudo a fim de tomar decisão sobre o uso do imunizante no país europeu.

    Na última sexta-feira (13), a Rússia já havia adiantado que a Hungria poderia ser o primeiro país da União Europeia a iniciar a produção da vacina russa.

    Entenda como funciona a Sputnik V

    A fase 3 de testes em larga escala da Sputnik V está sendo conduzida com cerca de 40 mil voluntários na Rússia, Emirados Árabes Unidos, Índia, Bielorrússia e Venezuela.

    Em 11 de novembro, o Fundo Russo de Investimentos Diretos (RFPI, na sigla em russo) publicou dados preliminares da fase 3, indicando que a vacina tem taxa de eficácia de 92%.

    Sputnik V: como funciona a vacina russa contra COVID-19?
    © Sputnik
    Sputnik V: como funciona a vacina russa contra COVID-19?

    Em 16 de outubro, a vacina começou a ser testada em pessoas com mais de 60 anos, que são mais sensíveis aos efeitos colaterais de imunizantes.

    Existem acordos para o fornecimento de doses da vacina para países como Argentina, Brasil, México e Índia.

    A ministra da Saúde da Rússia, Tatiana Golikova, informou que seu país planeja produzir 500 mil doses em novembro deste ano e 1,5 milhão de doses em janeiro de 2021. Em abril, a Rússia quer atingir a marca de 6 milhões de doses produzidas mensalmente.

    Tema:
    Pandemia de COVID-19 no mundo em meados de novembro (90)

    Mais:

    Ensaios da vacina russa Sputnik V na Índia devem acabar em maio do ano que vem
    Rússia se diz pronta para cooperar com vacinação mundial com a Sputnik V
    Rússia e Israel discutem cooperação na luta contra COVID-19; Sputnik V é tema da conversa
    Tags:
    Hungria, Rússia, Sputnik V, vacina, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar