18:51 18 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    10415
    Nos siga no

    A opositora e ex-candidata à presidência da Bielorrússia, Svetlana Tikhanovskaya, apelou à ONU para enviar uma missão de observação ao país para monitorar os protestos.

    "Instamos as Nações Unidas a enviar imediatamente uma missão de observação internacional à Bielorrússia para documentar a situação no território", disse Tikhanovksaya em uma reunião on-line do Conselho de Segurança da ONU.

    A opositora também pediu que a organização condenasse o uso excessivo de força pelos serviços de segurança da Bielorrússia contra os manifestantes e pediu ao Conselho de Direitos Humanos da ONU que realizasse uma sessão especial para discutir a situação dos direitos humanos em seu país.

    A Bielorrússia entrou em uma profunda crise após a eleição presidencial em que o atual presidente Aleksandr Lukashenko venceu as eleições com 80,1% dos votos, de acordo com a Comissão Eleitoral Central do país. A oposição contestou a vitória e tomou as ruas em protestos em massa.

    Mais:

    Lukashenko: Bielorrússia vai fazer consulta popular sobre mudanças na Constituição
    Rússia não pretende perder cooperação econômica com Bielorrússia
    Emissora estatal bielorrussa divulga gravação de ligação entre Varsóvia e Berlim sobre Navalny
    Tags:
    missão, protestos, Aleksandr Lukashenko, ONU, Bielorrússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar