23:22 27 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    160
    Nos siga no

    O Papa Francisco pediu aos países ricos que não acumulem nenhuma vacina contra o novo coronavírus e pediu-lhes que concedessem resgates relacionados à pandemia apenas para empresas comprometidas com a proteção do meio ambiente e com a ajuda aos mais necessitados.

    "Seria triste se os ricos tivessem prioridade para a vacina contra COVID-19. Seria triste se a vacina se tornasse propriedade desta ou daquela nação, se não fosse universal e para todos", disse o pontífice durante sua audiência geral semanal na quarta-feira (19).

    O clérigo também afirmou que o mundo não deve retornar à normalidade após a pandemia se "normal" significa injustiça social e degradação do meio ambiente.

    "Precisamos sair melhor da pandemia da COVID-19", observou ele.
    Ampolas de uma candidata à vacina COVID-19, uma vacina adenovírus recombinante chamada Ad5-nCoV, desenvolvida pela empresa biofarmacêutica chinesa CanSino Biologics Inc e uma equipe liderada por um especialista chinês em doenças infecciosas militares, em Wuhan, província de Hubei, China, 24 de março de 2020
    © REUTERS / China Daily
    Vacina chinesa

    Comentando sobre os resgates relacionados ao novo coronavírus, o Papa Francisco declarou que seria um "escândalo" se os governos distribuíssem fundos de apoio apenas para selecionar setores e, em vez disso, a ajuda pública deveria ser reservada para empresas que "contribuem para a inclusão de pessoas que normalmente são excluídas [da sociedade], à ajuda aos mais necessitados, ao bem comum e ao cuidado do meio ambiente".

    Mais de 22 milhões de pessoas foram infectadas pelo novo coronavírus desde o início do surto. A corrida para desenvolver uma vacina já começou, com algumas com potencial já na fase final dos testes.

    A Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou na terça-feira (18) que qualquer nação que acumule possíveis vacinas contra a COVID-19 enquanto exclui outras apenas agravará a pandemia.

    Mais:

    Brasil apresenta desaceleração de contágio da COVID-19 pela 1ª vez em 4 meses
    Consultor avalia eventual disputa entre estados e Bolsonaro para aquisição de vacina para COVID-19
    Brasil tem 1.170 mortes em 24h e passa de 111 mil óbitos por COVID-19
    Tags:
    Vaticano, Mundo, Igreja Católica, religião, COVID-19, novo coronavírus, vacina, vacinação, meio ambiente, direitos humanos, pandemia, OMS
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar