13:50 17 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    234
    Nos siga no

    O príncipe britânico Harry participou de uma cúpula para líderes de 21 países africanos em Londres nesta segunda-feira (20).

    O evento foi organizado pelo primeiro-ministro Boris Johnson e ocorreu um dia depois de Harry falar sobre sua tristeza por renunciar em aos deveres reais.

    Harry disse no domingo que não havia outra opção senão que ele e sua esposa Meghan se afastassem de seus papéis reais em um acordo com sua avó, a rainha Elizabeth II, e membros da família. De acordo com Harry, essa decisão permitirá um futuro mais independente ao casal, informa a agência de notícias Reuters.

    Agora, Harry e Meghan dividirão seu tempo entre o Reino Unido e a América do Norte, onde estarão principalmente localizados.

    Enquanto isso, Harry continuará com suas funções oficiais e na segunda-feira se reuniu com os presidentes de Malauí e Moçambique e o primeiro-ministro de Marrocos na cúpula de investimentos africanos.

    O Palácio de Buckingham disse que o príncipe, que visitou o Malawi e outros estados africanos em outubro passado na sua última turnê oficial no exterior, está fortemente envolvido em causas na África há muitos anos e seu amor pelo continente é bem conhecido.

    Ele também realizou uma reunião privada com o premiê britânico em agenda paralela à cúpula. Johnson pediu que o Reino Unido seja o "parceiro de investimento preferido" para a África.

    Mais:

    Criptomoeda do Facebook estará sujeitas a regulações rigorosas, diz gerente do Banco da Inglaterra
    Bolsonaro diz que Legislativo quer transformá-lo em 'rainha da Inglaterra'
    Banco da Inglaterra diz que empresas que não se adaptarem às mudanças climáticas podem falir
    Criptomoeda poderia substituir dólar na economia mundial, diz governador do Banco de Inglaterra
    Tags:
    cúpula, Boris Johnson, África
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar