01:55 18 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Vladimir Zelensky, presidente da Ucrânia

    Presidente ucraniano defende manutenção de sanções ocidentais contra a Rússia

    © Sputnik / Stringer
    Europa
    URL curta
    141026
    Nos siga no

    O presidente ucraniano, Vladimir Zelensky, advertiu os países ocidentais nesta sexta-feira contra um possível levantamento das sanções impostas à Rússia.

    Em entrevista à AFP à margem de um fórum realizado em Kiev, o chefe de Estado defendeu a manutenção da atual política de restrições contra Moscou, apesar de manifestar um "sentimento" de que o presidente russo, Vladimir Putin, estaria pronto para melhorar as relações bilaterais.

    Em declarações a participantes do encontro anual do Estratégia Europeia de Yalta (YES), o político disse que alguns parceiros da Ucrânia estariam considerando acabar com essas sanções antes da hora. 

    ​"Vocês estão perdendo dinheiro. Sério? Sinto muito, mas estamos perdendo pessoas", disse Zelensky, referindo-se à reintegração da Crimeia ao território russo e aos conflitos ainda em curso no leste da Ucrânia, onde Kiev alega haver participação russa.

    De acordo com o líder ucraniano, essencialmente, as sanções devem ser vistas como um imposto necessário para manter a ordem mundial. E, "no mundo civilizado, é normal pagar impostos".

    "As sanções devem permanecer" até que a paz seja restaurada na Ucrânia, disse ele, citado pela Agence France-Presse.

    Mais:

    Sob ameaças de sanções, Brasil estaria facilitando deportação de brasileiros dos EUA
    EUA endurecem sanções contra Cuba por 'apoio à Venezuela'
    Irã estaria usando frota 'fantasma' para burlar sanções dos EUA
    Rússia: declarações dos EUA sobre chance de novas sanções à petroleira Rosneft são ilegítimas
    Tags:
    sanções, Vladimir Putin, Vladimir Zelensky, AFP, Moscou, Kiev, Ucrânia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar