21:08 15 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Matteo Salvini, el ministro del Interior de Italia

    'Nem um litro de vodca': Salvini nega ter sido financiado por dinheiro da Rússia

    © AP Photo / Luca Bruno
    Europa
    URL curta
    0 21

    O vice-primeiro-ministro italiano Matteo Salvini negou receber financiamento de qualquer tipo da Rússia depois que o site BuzzFeed publicou uma matéria alegando um acordo obscuro entre italianos e russos para financiar seu partido com o "dinheiro do petróleo" de Moscou.

    "Eu já disse isso antes, mas vou repetir hoje, amanhã e no dia seguinte - nunca recebi nenhum financiamento da Rússia, nem um único rublo, dólar, euro - ou mesmo um litro de vodka", afirmou Salvini.

    A reportagem, publicada na quarta-feira, é baseada em um longo texto, que diz ser uma transcrição de um áudio supostamente gravado em 18 de outubro do ano passado no lobby do Metropol Hotel, em Moscou. Três italianos e três russos estavam discutindo um acordo bastante obscuro de combustível, projetado para sustentar uma "campanha política".

    O BuzzFeed alega que a campanha em questão foi as eleições europeias, realizadas em maio deste ano. Ainda assim, não está muito claro qual "campanha política" exatamente os participantes da suposta reunião estavam discutindo a partir da própria transcrição.

    Um dos negociadores é identificado pelo site como Gianluca Savoini - um assessor sênior de Salvini, mas todos os outros homens não são nomeados. O próprio Savoini também rejeitou a reportagem.

    "É mais um ataque político que é absolutamente infundado. Nós nunca recebemos um único rublo de ninguém. É por isso que é apenas uma conversa vazia", comentou Savoini.

    A história da alegada conversa clandestina no Metropol para financiar o partido de Salvini com dinheiro russo foi divulgada pela primeira vez em fevereiro na revista italiana L'Espresso. Ela alegou que o italiano conheceu seu colega russo Dmitry Kozak em pessoa, bem como relatou o envolvimento de Savoini no suposto acordo.

    Nenhuma evidência definitiva para as alegações foi fornecida, a não ser o fato de Savoini ter estado em Moscou, onde ele realmente participou de uma conferência naquela época.

    Mais:

    'Não queremos nada com vocês': Salvini diz que Merkel e Macron 'arruinaram' a Europa
    Liderado por Salvini, bloco de direita pode ter 150 membros no Parlamento Europeu
    Salvini: UE planeja multar Itália com €3 bilhões por aumento indiscriminado da dívida
    Tags:
    Matteo Salvini, petróleo, diplomacia, interferência russa, política, Liga Norte, Europa, Rússia, Itália
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar