07:53 21 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Caça Eurofighter Typhoon da Força Aérea Real do Reino Unido

    Estrondo sônico causado por intercepção de avião comercial no Reino Unido aterroriza moradores

    © AFP 2019 / IAKOVOS HATZISTAVROU
    Europa
    URL curta
    433
    Nos siga no

    Caças Typhoon da RAF foram acionados no sábado (22) para uma intervenção após as autoridades receberem informação sobre uma passageira embriagada e indisciplinada a bordo de um avião.

    O avião da companhia britânica de baixo custo Jet2 voava sobre o aeroporto de Stansted. As manobras dos caças Typhoon, acionados para intervir, produziram um enorme estrondo sônico, causando momentos de pânico não só entre os moradores da zona como também entre os passageiros, informa a BBC, citando relatos de testemunhas.

    Podem me chamar de melodramático, mas não estou brincando, eu estava seriamente pensando que era o fim do mundo, quando toda a minha casa tremeu... saí para fora à procura de cogumelo atômico.

    De acordo com a BBC, citando autoridades locais, dois caças Typhoon escoltaram o avião para o aeroporto de Stansted, porque havia uma passageira indisciplinada a bordo do avião comercial.

    Entretanto, testemunhas no local e passageiros do aeroporto que ouviram uma forte explosão e barulho atroador partilharam mapas de rastreamento de aviões onde se mostra a trajetória de voo dos caças Typhoon sobre os condados de Essex e Hertfordshire.

    Parece que era um caça Typhoon. Jesus, aquilo foi assustador!

    Que será que está acontecendo no Stansted?

    A polícia local alegadamente recebeu várias chamadas de pessoas após terem ouvido fortes estrondos. De acordo com a mídia local, uma mulher de 25 anos foi detida por suspeita de tentativas de agressão e de pôr em perigo a aeronave e a vida dos passageiros.

    Mais:

    Bombardeiro russo Su-24 passa perto de porta-aviões espanhol no mar Báltico (Vídeo)
    Tags:
    pânico, Eurofighter Typhoon, caças, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar