17:45 01 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    6392
    Nos siga no

    Na segunda-feira (10) um caça Su-27 interceptou dois aviões de reconhecimento da Força Aérea dos EUA e da Suécia perto da fronteira russa, sobre o mar Báltico, informou o Ministério da Defesa da Rússia.

    Segundo o comunicado, após detectar "dois alvos aéreos que se aproximavam da fronteira da Rússia", sobre águas neutrais do mar Báltico, a tripulação do caça Su-27 "se aproximou a uma distância segura" e identificou as aeronaves. Se tratava de um avião de reconhecimento RC-135 da Força Aérea dos EUA e de um Gulfstream da Força Aérea sueca.

    O piloto do avião russo escoltou os dois aviões para que não violassem o espaço aéreo da Rússia.

    O Ministério da Defesa da Rússia sublinhou também que, no momento da interceção, o caça russo cumpriu todas as medidas de segurança e não violou as regras internacionais.

    Não é a primeira vez que aviões de reconhecimento americanos são avistados perto das fronteiras russas. Estas aeronaves são detectadas regularmente perto da península da Crimeia, na região de Krasnodar e no mar Báltico, bem como perto das bases russas na Síria.

    O Ministério da Defesa da Rússia já havia apelado a Washington para que abandonasse estas operações de reconhecimento, mas o Pentágono recusou.

    Mais:

    Avião espião dos EUA teria passado horas sobrevoando perto da Venezuela
    Avião espião dos EUA teria evitado conflito com Coreia do Norte, diz mídia
    Tags:
    EUA, Suécia, Rússia, Boeing RC-135, avião espião, Su-27, caça
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar