23:51 25 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, estampado em camisetas de ativistas contra o golpe de Estado no país

    Turcos expatriados na Alemanha vão votar no referendo que aumenta poderes de Erdogan

    © AFP 2019 / ADEM ALTAN
    Europa
    URL curta
    0 51

    Os turcos que vivem na Alemanha poderão votar no referendo turco sobre uma presidência executiva, confirmou um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores alemão nesta quarta-feira.

    Apesar do estranhamento entre Berlim e Ancara quanto ao banimento de comícios dos ministros turcos que queriam demonstrar apoio à mudança constitucional aos 1,4 milhões de turcos que votam no país de Merkel.

    Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan (Arquivo)
    © AFP 2019 / STR / TURKISH PRESIDENTIAL PRESS OFFICE
    O porta-voz do ministério, Martin Schaefer, disse que a votação deve ser conduzida pelas regras a menos que a Alemanha a cancele, de acordo com o diário Tagesspiegel.

    Os eleitores turcos poderão votar por duas semanas entre 27 de março e 9 de abril em 13 pontos de votação em toda a Alemanha. O referendo na Turquia está previsto para 16 de abril. Os turcos decidirão se querem conceder ao presidente novos poderes.

    Mais:

    Erdogan pode convocar referendo que institui pena de morte na Turquia
    Erdogan compara autoridades alemãs com nazistas
    Tags:
    Tagesspiegel, Recep Tayyip Erdogan, Angela Merkel, Martin Schaefer, Turquia, Alemanha, Ancara, Berlim
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar