19:14 20 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Angela Merkel e Recep Tayyip Erdogan

    Presidente da Turquia acusou Merkel de apoiar o terrorismo

    © REUTERS / Kacper Pempel
    Mundo
    URL curta
    892

    O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, acusou a primeira-ministra da Alemanha, Angela Merkel, de apoiar o terrorismo, informou a AFP.

    Mais cedo, o ministério das Relações Exteriores da Alemanha emitiu um alerta sobre perigo em potencial para os seus cidadãos, durante a realização do referendo na Turquia. 

    "Senhora Merkel, por que você dá refúgio aos terroristas no seu país? Por que não faz alguma coisa quanto a isso?", citou as palavras de Erdogan a AFP.

    O líder turco, além disso, repreendeu Merkel por ela ter apoiado a Holanda, após o escândalo deste sábado, no qual as autoridades holandesas não permitiram o ingresso no seu espaço aéreo da aeronave do ministro das Relações Exteriores da Turquia, Mevlut Cavusoglu.

    As relações entre Berlim e Ancara se deterioraram após a prisão do jornalista alemão de origem turca, Deniz Yucel, em Istambul. Ele foi acusado pelas autoridades turcas de "participar de uma organização terrorista, de uso ilegal de informações e de propaganda do terrorismo". A premiê da Alemanha, Angela Merkel, exigiu a libertação do jornalista e o respeito à liberdade de imprensa.

    Depois do incidente, as autoridades de Gaggenau, na Alemanha, cancelaram o encontro do ministro da Justiça da Turquia, Bekir Bozdag, com eleitores de origem turca. O ministro turco deixou o país imediatamente e cancelou a reunião com seu colega alemão.

    Neste domingo, o presidente da Turquia comparou a política atual de Berlim com "as ações dos nazistas no passado", provocando um grande mal estar com as autoridades alemãs.

    Mais:

    Crise diplomática: Turquia ameaça Holanda após proibição de viagem de chanceler
    Que poderes o referendo da reforma constitucional turca concede a Erdogan?
    Presidente turco chama governo de um dos fundadores da UE de fascista
    Tags:
    terrorismo, diplomacia, crise, relações bilaterais, Deniz Yucel, Mevlut Cavusoglu, Angela Merkel, Recep Tayyip Erdogan, Turquia, Holanda, Alemanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar