19:59 23 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Esportes
    URL curta
    17726
    Nos siga no

    Em novembro, o comitê de fiscalização da Agência Mundial Antidoping (WADA) recomendou implementar medidas punitivas contra a Agência Antidoping Russa (RUSADA), afirmando que a Rússia não deve ter o direito de organizar quaisquer competições esportivas importantes por um período de quatro anos.

    O Comitê Executivo da WADA decretou anular o direito da Rússia de organizar grandes eventos esportivos, incluindo campeonatos mundiais e Jogos Olímpicos, por quatro anos, informou nesta segunda-feira (9) a Agência France Presse. De acordo com o decreto, a Rússia perde o direito de participar dos eventos acima mencionados.

    Segundo informações, o Comitê Executivo da WADA determinou também que a Agência Antidoping Russa é considerada em situação de não conformidade com a legislação antidoping.

    A vice-diretora-geral da RUSADA, Margarita Pakhnotskaya, disse que os atletas russos poderiam participar em eventos esportivos internacionais desde que possam comprovar que não violaram a legislação antidoping internacional. 

    Porém, de acordo com a regulamentação os atletas teriam que competir sob estatuto neutral, que essencialmente proíbe o uso da bandeira da Rússia e de seu hino em competições.

    Além de tudo isso, o decreto proíbe as autoridades esportivas da Rússia, incluindo os membros dos comitês Olímpico e Paraolímpico, de participar em Jogos Olímpicos e Paraolímpicos em Tóquio e Pequim, que serão realizados respetivamente em 2020 e 2022.

    Margarita Pakhnotskaya acrescentou que o Conselho de Supervisão da RUSADA realizará uma reunião no dia 19 de dezembro para discutir a decisão tomada pela autoridade internacional antidoping.

    Em 2015, a WADA acusou a Rússia de várias violações de doping patrocinadas pelo país e declarou que a RUSADA não cumpria o Código Mundial Antidoping.

    Em agosto do ano passado, a organização divulgou um roteiro para readequação contendo 12 critérios que a Rússia teve que cumprir antes que o comitê pudesse recomendar a reintegração dos laboratórios do país.

    Mais:

    Doping: Rússia pedirá resultados de investigação da WADA sobre meldonium
    Informante da WADA sobre doping na Rússia tentou se suicidar em Washington
    Tags:
    doping, Agência Russa Antidoping (RUSADA), Rússia, WADA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar