04:19 19 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Agência Mundial Antidoping

    Conheça os bastidores por trás do acordo entre a Agência Mundial Antidoping e a Rússia

    Marc Braiban/AFP
    Esportes
    URL curta
    0 30

    A Agência Mundial Antidoping (WADA) propôs um acordo para o lado russo que, em última análise, permita a restauração dos direitos da Agência Russa Antidoping (RUSADA), informou a BBC.

    De acordo com uma carta datada de 22 de junho do presidente da WADA, Craig Reedie, e do diretor-geral Olivier Niggly ao ministro de Esportes da Rússia, Pavel Kolobkov, a Rússia  deveria fornecer cópias genuínas de dados laboratoriais e "dados analíticos brutos" que permitissem identificar amostras de doping suspeitas. Depois disso, a WADA espera obter acesso apenas às amostras que, após a análise, foram identificadas como suspeitas.

    Inicialmente, a WADA exigiu acesso a todos os dados do Laboratório Antidoping de Moscou, sendo este um dos critérios para a reintegração da RUSADA. A resposta de Kolobkov datada de 13 de setembro diz: "Concordo em aceitar as duas condições restantes.. que foram mencionadas em sua carta de 22 de junho (…). Aceitamos sua oferta (…) e espero que WADA restabeleça a RUSADA na próxima reunião do Comitê Executivo".

    No dia seguinte, a WADA anunciou que o Comitê de Revisão de Conformidade (CRC) recomendou o fim da suspensão da RUSADA. Reedie disse que o compromisso proposto foi a ideia do CRC e corresponde ao roteiro previamente desenvolvido para a restauração da agência. O status da RUSADA, porém, deve ser definitido apenas na próxima reunião da WADA em Seychelles, prevista para 20 de setembro.

    Em 2015, a WADA acusou a Rússia de várias violações de doping patrocinadas pelo estado e declarou que a RUSADA não cumpria o Código Mundial Antidoping. Em agosto do ano passado, a organização divulgou um roteiro para readequação a 12 critérios que a Rússia teve que cumprir antes que um comitê pudesse recomendar a reintegração dos laboratórios do país.

    Tags:
    Código Mundial Antidoping, Ministério dos Esportes da Rússia, Agência Russa Antidoping (RUSADA), Agência Mundial Antidoping (WADA), Craig Reedie, Olivier Niggly, Pavel Kolobkov, Seychelles, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik