16:59 14 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Barras de ouro

    Mídia alemã revela por que aposta da Rússia no ouro dá certo

    © Sputnik / Oleg Lastochkin
    Economia
    URL curta
    2300
    Nos siga no

    Nos últimos anos a Rússia tem estado acumulando suas reservas de ouro em meio à estratégia de desdolarização, e essa estratégia deu certo levando em conta o aumento dos preços do metal precioso, escreve o jornal alemão Handelsblatt.

    Segundo a edição, as políticas de taxas de juro baixas, bem como as crises globais, levam ao aumento dos preços do ouro.

    Nos últimos anos, o Banco Central da Rússia tem acumulado ativamente suas reservas de ouro para reduzir a cota-parte do dólar nas reservas internacionais do país. Segundo o Conselho Mundial do Ouro (WGC, na sigla em inglês), desde 2015 o Banco Central russo tem comprado mais de 200 toneladas de ouro anualmente.

    O jornal sublinha que, graças ao aumento dos preços do ouro, o valor das reservas de 2.000 toneladas de ouro russas aumentou em um bilhão de dólares.

    Esta semana o preço do ouro alcançou 1.430 dólares por onça – o maior preço em seis anos. Desde o início de junho o preço do metal precioso aumentou 11%. De acordo com Handelsblatt, esse aumento foi provocado pelas declarações do Banco Central Europeu e do Fed (banco central dos EUA) sobre seus planos de adotar uma política monetária mais flexível.

    Enfraquecimento do dólar

    Essa tendência é acompanhada pelo enfraquecimento do dólar estadunidense, que desvalorizou em relação a uma série de outras divisas em meio à expetativa de descida da taxa de juro.

    Ambos os fenômenos estão interligados: como o preço do ouro é denominado em dólares, quando a moeda dos EUA cai, o ouro se torna mais barato para quem o compra em outras moedas e, por conseguinte, a demanda pode aumentar.

    Especialistas sublinham que o preço do ouro vai continuar em alta no futuro próximo. Além do aumento da demanda por parte dos atores internacionais, em meio à instabilidade e imprevisibilidade da situação financeira e geopolítica, mais um fator que contribuirá para o aumento do preço do metal preciso é o início da queda na sua produção nos próximos anos, atingindo em 2022 o nível do início do século passado.

    Mais:

    'Ouro é dinheiro': por que EUA se opõem ao uso do metal precioso nas transações globais?
    'Febre do ouro': como bancos centrais lançam ofensiva contra dólar
    Tags:
    reservas, finanças, dólar, EUA, ouro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar