02:12 23 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    3612
    Nos siga no

    O drone KARGO, desenvolvido pela Corporação Kaman, dos EUA, deverá ser usado como forma de reabastecer fuzileiros navais em "áreas contestadas", incluindo na Orla do Pacífico.

    A empresa aeroespacial norte-americana Corporação Kaman revelou o KARGO, um drone cujo objetivo é reabastecer pequenas unidades de fuzileiros navais dos EUA espalhadas por cadeias de ilhas, escreve na segunda-feira (20) o portal Defense News.

    Quadrotor KARGO da Kaman, empresa aeroespacial dos EUA, projetado para transportar cargas militares pesadas
    Quadrotor KARGO da Kaman, empresa aeroespacial dos EUA, projetado para transportar cargas militares pesadas

    É planejado que o veículo aéreo não tripulado seja usado em operações no oceano Pacífico, mar Báltico ou outras áreas tensas.

    Ian Walsh, presidente e chefe executivo da Kaman, apontou que o KARGO será capaz de conseguir um equilíbrio no alcance, com até 500 milhas náuticas, ou cerca de 925 km, e na capacidade de carga, até cerca de 450 quilos, para ajudar o Corpo de Fuzileiros Navais a mover "feijões, balas e curativos", ou mesmo água potável, combustível e peças de reposição, para pequenas unidades em locais remotos.

    Walsh defendeu o uso da arma na orla do Pacífico devido à "ameaça emergente" da China, mas também o mar Báltico "ou outras áreas contestadas".

    De acordo com Romin Dasmalchi, diretor sênior de desenvolvimento de negócios da empresa, o drone pode ser transportado em navios comerciais ou aeronaves, através de transporte aéreo militar marítimo, ou mesmo em um navio de guerra da Marinha dos EUA. Além disso, apenas são necessários dois fuzileiros navais para tirar o drone de um contêiner e colocá-lo no ar em minutos.

    O produto continua em testes operacionais, e o último está planejado para o final de 2022. É indicado que os rotores e as pás dentro deles são intercambiáveis, "reduzindo a necessidade de manter muitas peças de reposição à mão", com um motor "eficiente". O objetivo é "eventualmente, passar para um sistema de energia elétrica ou híbrida, para reduzir ou eliminar sua dependência do combustível do jato", apesar de essa tecnologia ainda não estar "madura o suficiente".

    "[...] Em uma janela de cinco anos, adoraríamos ter produção a ritmo total", espera o chefe executivo da Kaman.

    Era esperado que o KARGO fosse exibido pela primeira vez nesta semana, durante a exibição Fuzileiro Naval Moderno na Base do Corpo de Fuzileiros da Virgínia, EUA, mas as preocupações com o disseminar da COVID-19 levaram a seu cancelamento, e agora é planejado que seja mostrado na Associação do Exército dos Estados Unidos em outubro, com o objetivo de atrair clientes potenciais das Forças Armadas nacionais e estrangeiras.

    Mais:

    Helicóptero drone MQ-8B dos EUA conduz voo operacional decolando de navio (FOTOS)
    Força Aérea dos EUA revela implantação de seu drone mais secreto
    Espionagem privatizada: aviões civis realizariam reconhecimento para EUA na costa chinesa
    Tags:
    EUA, Defense News, Pacífico, oceano Pacífico, mar Báltico, Corpo de Fuzileiros Navais, Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA, Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos, fuzileiros navais, China, Virgínia, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar