21:12 23 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    1522
    Nos siga no

    Irã revelou três novas capacidades de defesa – o sistema de radar Quds, um sistema de mísseis superfície-ar chamado de Dia-9 e um drone que recebeu nome de Gaza, com um alcance operacional de 2.000 km.

    Na cerimónia, que teve lugar nesta sexta-feira (21) com a presença do general Hossein Salami, chefe do Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica (IRGC, na sigla em inglês), foram revelados os três novos equipamentos militares desenvolvidos no Irã.

    Entre as novidades está um drone que alegadamente é capaz de realizar várias missões de vigilância, combate e reconhecimento, com uma autonomia de voo de 35 horas. O veículo aéreo não tripulado (VANT) elaborado pela República Islâmica exibe o nome (Gaza) na fuselagem.

    Segundo o jornal Tehran Times, o aparelho consegue voar mais de 2.000 km carregando 13 bombas em missões de combate, bem como levar 500 kg de equipamentos de comunicação e reconhecimento.

    Tendo em conta o alcance do drone iraniano, a cidade de Tel Aviv, a mais populosa de Israel, está dentro do seu alcance operacional.

    ​Hoje (21) o IRGC apresentou um novo drone chamado Gaza, que alegadamente é capaz de transportar 13 bombas e tem um alcance de 2.000 km. Também foi revelado o sistema de defesa de mísseis Dia-9 e o sistema de radar Quds. 

    O Irã também mostrou o seu novo sistema de mísseis terra-ar Dia-9 que é supostamente capaz de interceptar ameaças de curto alcance tais como mísseis de cruzeiro, bombas aéreas e drones.

    O general Hossein Salami participou da apresentação do sistema de radar Quds, desenvolvido para ser rapidamente implantado e deslocado.

    Mais:

    Irã ressalta 'falta de profissionalismo' e condena ações da Marinha dos EUA no estreito de Ormuz
    Marinha dos EUA divulga VÍDEOS da 'perigosa' aproximação das lanchas de patrulha rápidas do Irã
    Se o acordo nuclear não se concretizar, quão perto estaria o Irã de produzir sua própria bomba?
    Tags:
    Israel, Oriente Médio, Irã, radares, drone, tecnologia militar
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar