06:36 10 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    4313
    Nos siga no

    Nesta segunda-feira (12), as Forças Armadas das Filipinas (AFP, na sigla em inglês) e o Exército dos Estados Unidos inauguraram o 36º exercício Balikatan (BK36-21) conjunto, onde participarão centenas de soldados norte-americanos e filipinos durante as próximas duas semanas, em meio a tensões com Pequim no mar do Sul da China.

    Este ano, os exercícios Balikatan, que significam "ombro a ombro" em tagalo, realizados para testar a prontidão de seus militares para responderem a ameaças como desastres naturais e ataques extremistas, serão reduzidos.

    "[...] A diminuição é apenas em termos de número e nunca na paixão e desejo das nações participantes de cumprirem seus objetivos íngremes estabelecidos em cada exercício", disse o major-general Edgard Arevalo, citado pelo comunicado das AFP.

    Cerca de 735 soldados das AFP e 225 militares norte-americanos participarão do 36º exercício, segundo informou o governo das Filipinas.

    "O exercício Balikatan, desde seu lançamento em 1991, tem sido um tesouro de oportunidade para aprendizagem de soldados tanto filipinos como norte-americanos, e nos últimos anos, também incluiu nossos outros aliados aqui na região do Indo-Pacífico", de acordo com o chefe das AFP, Cirilito Sobejana, citado no comunicado.

    Major-general Edgard Arevalo, tenente-general Cirilito Sobejana, subsecretário do Departamento de Defesa Nacional Cesar B. Yano, encarregado de negócios da Embaixada dos EUA nas Filipinas, John Law, e coronel Aaron Brunk na inauguração do 36º exercício Balikatan (BK36-21) conjunto, Filipinas, 12 de abril de 2021
    © REUTERS / Forças Armadas das Filipinas
    Major-general Edgard Arevalo, tenente-general Cirilito Sobejana, subsecretário do Departamento de Defesa Nacional Cesar B. Yano, encarregado de negócios da Embaixada dos EUA nas Filipinas, John Law, e coronel Aaron Brunk na inauguração do 36º exercício Balikatan (BK36-21) conjunto, Filipinas, 12 de abril de 2021

    Os exercícios militares conjuntos incluirão treinamento de equipe bilateral, formação de apoio aéreo, intercâmbio sobre temas específicos e formação em treinamento de segurança marítima e atividade de assistência humanitária e cívica. Os eventos serão realizados em áreas do Comando Luzon do Norte e Comando Luzon do Sul.

    "Os Estados Unidos estão orgulhosos por participarem do exercício Balikatan e agradecemos às Forças Armadas das Filipinas por hospedarem as tropas dos EUA de forma a manter a saúde e a segurança de nossos militares", disse o encarregado de negócios da Embaixada dos EUA nas Filipinas, John Law.

    Forças Armadas das Filipinas e o Exército dos Estados Unidos inauguraram o 36º exercício Balikatan (BK36-21) conjunto, Filipinas, 12 de abril de 2021
    © REUTERS / Forças Armadas das Filipinas
    Forças Armadas das Filipinas e o Exército dos Estados Unidos inauguraram o 36º exercício Balikatan (BK36-21) conjunto, Filipinas, 12 de abril de 2021
    "Os exercícios conjuntos como Balikatan demostram nosso compromisso compartilhado com a paz e estabilidade das forças dos EUA e das Filipinas", afirmou Law.

    Os treinamentos anuais entre os aliados militares foram cancelados em 2020 devido à pandemia da COVID-19. O exercício deste ano terminará em 23 de abril.

    Mais:

    China envia 25 aviões militares à zona de identificação aérea de Taiwan
    Especialista chinês: ascensão da China faz EUA entrarem em pânico e ficarem nervosos
    Pequim: postura das Filipinas em área de recife disputado no mar do Sul da China é 'inaceitável'
    Mar do Sul da China: EUA reforçam presença na região com navio de guerra USS Makin Island
    Blinken volta a atacar China por ações agressivas em Taiwan e culpa Pequim por agravação da pandemia
    Tags:
    exercício militar, exercício, China, soldados, militares, forças armadas, Filipinas, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar