02:39 17 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    6921
    Nos siga no

    O programa de Taiwan para construção de sua própria frota de submarinos recebeu um forte impulso depois que os EUA aprovaram venda de três peças-chave de equipamentos para ilha.

    Na terça-feira (16), o ministro da Defesa taiwanês, Chiu Kuo-cheng, confirmou que Washington aprovou licenças de exportação para o país, incluindo a primeira venda de armas à ilha sob administração de Joe Biden, segundo informou South China Morning Post.

    "Quanto ao período de entrega, precisamos seguir com os procedimentos no devido tempo e não posso dizer quando chegarão exatamente. Afinal, existem procedimentos operacionais", disse Kuo-cheng, adicionando que as autoridades vão assegurar que o trabalho será concluído dentro do prazo.

    O ministro taiwanês não identificou os itens a serem instalados. No entanto, funcionários do Ministério da Defesa disseram que há três tipos de equipamentos, são eles: sistemas de sonar digitais, sistemas integrados de combate e sistemas de equipamento auxiliares (periscópios), que a ilha não consegue produzir e deve contar com a tecnologia dos EUA.

    O projeto do submarino nacional foi iniciado pelo governo em 2016 para reforçar a frota envelhecida de Taiwan de quatro submarinos com oito novos modelos diesel-elétricos. O primeiro protótipo está orçado para custar NT$ 49,4 bilhões (R$ 9,75 bilhões) e previsto para ser lançado em julho de 2024 antes de entrar em serviço no ano seguinte.

    O trabalho de criação do protótipo do navio começou em novembro de 2020 no estaleiro da empresa CSBC Corporation em Kaohsiung, cidade localizada no sul da ilha.

    As relações entre os Estados Unidos e Taiwan melhoraram bastante sob administração do ex-presidente norte-americano, Donald Trump, que estabeleceu laços diplomáticos com o país confrontando a China.

    Mais:

    EUA advertem que não melhorarão relações com China até mudança de sua atitude em relação à Austrália
    EUA e Japão rotulam comportamento da China de 'inconsistente com ordem internacional existente'
    China pode invadir Taiwan nos próximos 6 anos, diz liderança militar dos EUA na região Ásia-Pacífico
    Relação entre China e Japão fica estremecida por situação envolvendo território das ilhas Senkaku
    Força Aérea norte-americana teme que EUA 'percam rapidamente' possível conflito com a China
    Tags:
    exportação, equipamento, submarino, Taiwan, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar