15:23 25 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    3621
    Nos siga no

    O Irã planeja comprar armas russas de modo a garantir a segurança nacional e regional, afirmou Ali-Asghar Khaji, assistente sênior do ministro das Relações Exteriores iraniano, à Sputnik.

    "Cooperamos militarmente com a Rússia. Quando as restrições foram levantadas, a Rússia se tornou um dos países dos quais podemos comprar armas, pelo que podemos cooperar com ela para proteger nosso território e para a segurança da região", afirmou Khaji.

    O diplomata sublinhou que, enquanto o Irã não tinha o direito de obter armas devido às sanções impostas pelas Nações Unidas (ONU), os vizinhos de Teerã gastaram milhões de dólares em armamento, tornando a região em um armazém de armas.

    No início desta semana, o embaixador russo no Irã, Levan Dzhagaryan, disse em uma entrevista à Sputnik que Moscou recebeu pedidos de equipamento de defesa por parte da República Islâmica, após o embargo de armas da ONU ter expirado em 18 de outubro de 2020.

    O embargo de armas ao Irã expirou em conformidade com o acordo nuclear de 2015 que previa seu cancelamento cinco anos após a adoção do acordo. Isto deu a Teerã o direito de comprar e vender armas.

    Mais:

    Chefe da diplomacia da UE diz que Rússia procura dividir o bloco e ameaça Moscou com mais sanções
    General do Irã: inimigos devem 'aprender a lição' com exercícios militares em meio a tensões com EUA
    Países querem 'caos controlado' no Oriente Médio para atingir fins geopolíticos, diz diplomata russo
    Tags:
    Irã, Teerã, Rússia, Moscou, embargo, armas, ONU
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar