23:26 06 Março 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    447
    Nos siga no

    As Marinhas dos EUA e da Turquia fizeram exercícios conjuntos no mar Negro com o objetivo de "melhorar a proficiência tática de navios e aeronaves", disse a Sexta Frota norte-americana.

    Dois destróieres de mísseis guiados pela Marinha dos EUA, duas fragatas da Marinha da Turquia, e aviões de acompanhamento realizaram exercícios conjuntos no mar Negro, anunciaram as Forças Navais dos EUA na Europa-África/6ª Frota dos EUA em comunicado à imprensa na quarta-feira (10).

    "Os destróieres de mísseis guiados USS Donald Cook e USS Porter, da classe Arleigh Burke, e um P-8A da Marinha dos EUA do 46º Esquadrão de Patrulha participaram de exercícios conjuntos de ar e superfície com as fragatas turcas Orucreis e Turgutreis e dois caças F-16 turcos ao lado de aeronaves de reconhecimento no mar Negro", segundo a declaração.

    Os navios e aeronaves da Marinha dos EUA uniram forças marítimas com Turquia em um exercício integrado de guerra de superfície, aérea e subterrânea com o objetivo de "melhorar a proficiência tática de navios e aeronaves através de comando, controle e comunicação de precisão", referiu a 6ª Frota.

    ​Destróier de mísseis guiados USS Donald Cook, da classe Arleigh Burke [e Sistema de Combate] AEGIS das Forças Navais dos EUA na Europa, destacadas em Rota, parte do mar Negro após conduzir operações de segurança marítima multifuncionais com OTAN, Sistema Aéreo de Alerta e Controle e P-8A da Marinha dos EUA, os aliados da OTAN e as parceiras Bulgária, Geórgia, Turquia, Ucrânia e Romênia

    O ramo militar norte-americano acrescentou que o P-8A Poseidon dos EUA ajudou os navios de guerra a caçar um submarino simulado durante o exercício conjunto.

    As fragatas turcas TCG Turgutreis E TCG Orucreis realizaram um exercício marítimo conjunto com os destróieres USS Porter e USS Donald Cook da Marinha dos EUA no mar Negro.

    "Saudamos esta oportunidade de os navios USS Donald Cook e USS Porter da Marinha dos EUA realizarem exercícios com as Forças Armadas turcas no mar Negro. Como aliados da OTAN, compartilhamos um compromisso com a paz e a estabilidade na Europa e no Oriente Médio", comentou o embaixador dos EUA na Turquia, David Satterfield.

    A Rússia já respondeu às manobras da Aliança Atlântica.

    "Instamos os militares [norte-americanos] a deixarem de brandir as armas de forma irresponsável e se ocuparem de seus assuntos nas águas territoriais dos EUA", disse um comunicado da embaixada da Rússia em Washington, EUA.

    Mais:

    Grécia acusa Turquia de obstruir escolta de bombardeiro B-52 dos EUA durante exercícios da OTAN
    Turquia e EUA se unem em manobras navais no Mediterrâneo ante impasse com Grécia (FOTOS)
    Rússia monitora ações do destróier da Marinha dos EUA que acaba de entrar no mar Negro
    Tags:
    Rússia, Europa, Oriente Médio, F-16, USS Porter, USS Donald Cook, Arleigh Burke, forças navais, Marinha da Turquia, Marinha dos EUA, Marinha, Boeing P-8A Poseidon, P-8A Poseidon, mar Negro, OTAN, Turquia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar