06:33 24 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    3461
    Nos siga no

    Neste sábado (30), um quarto navio de mísseis do projeto Buyan-M foi comissionado à Frota do Mar Negro da Rússia durante cerimônia solene de hasteamento de bandeira no navio na cidade de Sevastopol.

    O chefe do Estado-Maior e primeiro vice-comandante da Marinha da Rússia, almirante Aleksandr Vitko, parabenizou a tripulação do novo navio durante a cerimônia.

    O navio foi denominado de Graivoron e se tornou o nono navio do projeto modernizado Buyan e o quarto na Frota do Mar Negro, além de Vyshny Volochek, Orekhovo-Zuyevo e Ingushetia.

    "Durante o último ano, nós incorporamos já o terceiro navio moderno. Hoje ele é uma unidade de combate, portador de armas de alta precisão, o agrupamento desses navios está aumentado, o poderio da Frota do Mar Negro aumentou, por isso nós vamos cumprir as tarefas que se colocam perante a Frota do Mar Negro com uma responsabilidade mais alta", disse aos jornalistas o comandante da frota, vice-almirante Igor Osipov.

    Os navios deste projeto possuem o deslocamento aumentado e estão equipados com novíssimas armas de mísseis de alta precisão e grande alcance – o sistema universal Kalibr, destinado para atingir alvos marítimos e terrestres. Os navios do projeto Buyan são usados para vigilância e defesa da zona econômica do país.

    Mais:

    Novo navio insígnia da Rússia é considerado 'maior ameaça' pelo Ocidente
    EUA impõem sanções a navio russo por Nord Stream 2; Moscou diz que concluirá gasoduto
    Navio-patrulha russo dispara mísseis contra alvos aéreos durante exercícios no Báltico (VÍDEO)
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar