02:29 01 Março 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    0 242
    Nos siga no

    Um navio com tripulação russófona, que se dirigia da Noruega para a Nigéria, foi atacado por piratas nas águas do golfo da Guiné. O ataque foi repelido pela equipe de segurança da embarcação.

    O New Ranger, um navio de transporte de produtos químicos, foi atacado na manhã de sábado (5), a cerca de 407 quilômetros ao sul da cidade portuária nigeriana de Lagos.

    "Atenção à tripulação! Estamos sendo atacados por piratas! Toda a tripulação deve se refugiar nos compartimentos internos!", avisou um dos comandos do barco, possivelmente o capitão. Em seguida, tiros de Kalashnikov e metralhadora ecoam, em uma tentativa exitosa de repelir os invasores.

    Apesar de cada vez mais navios terem guardas privados armados, episódios deste tipo não cessam nesta região da costa atlântica africana. No último fim de semana, outro navio de bandeira maltesa foi atacado por piratas enquanto navegava pelo golfo da Guiné, informou a empresa de segurança marítima Dryad Global no Twitter.

    Os marinheiros da embarcação em questão não poderiam estar mais gratos à sua equipe de segurança privada, louvando a decisão de a terem contratado, pois, caso contrário, o pior poderia ter acontecido.

    Mais:

    Oficial dos EUA: retirada de tropas pode levar a ataques do Irã no Oriente Médio
    Bases militares de Pequim no mar do Sul da China são vulneráveis a ataques inimigos, aponta mídia
    Houthis anunciam ataque contra unidade de distribuição de petróleo na Arábia Saudita
    Tags:
    conflito, navio, ataque, Lagos, Guiné Equatorial, piratas
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar